O "site" oficial do futebol europeu

Barcelona eufórico com novo título

Publicado: Quinta-feira, 12 de Maio de 2011, 0.16CET
Josep Guardiola disse que o Barcelona "tem a obrigação" de desfrutar a revalidação do título, depois de ter finalmente afastado o desafio imposto pelo Real Madrid durante toda a época.
por Paul Bryan
de Madrid
Barcelona eufórico com novo título
Daniel Alves festeja depois de o Barcelona ter garantido o título da Liga ©Getty Images
Publicado: Quinta-feira, 12 de Maio de 2011, 0.16CET

Barcelona eufórico com novo título

Josep Guardiola disse que o Barcelona "tem a obrigação" de desfrutar a revalidação do título, depois de ter finalmente afastado o desafio imposto pelo Real Madrid durante toda a época.

O treinador do FC Barcelona, Josep Guardiola, revelou que ele e os jogadores vão "cantar, beber, rir e dançar" nos próximos dias, depois de os "blaugrana" terem garantido o ponto que necessitavam para conquistar o seu 21º título da Liga espanhola.

Com o rival directo Real Madrid CF (de José Mourinho, Pepe, Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo) a cinco pontos antes do início da partida, desta quarta-feira, o Barça sabia que um empate no terreno do Levante UD era suficiente para conquistar o terceiro campeonato consecutivo a duas jornadas do fim.

O golo de cabeça de Seydou Keita, aos 28 minutos, no Estadi Ciutat de València, espoletou os festejos e, apesar de Felipe Caicedo ter empatado antes do intervalo, o gigante da Catalunha segurou o ponto precioso. "Havia bastante ansiedade em campo, já que só queríamos despachar a questão do título", explicou Guardiola em êxtase.

"Fizemos três quartos de época espectaculares, com muitas vitórias por larga margem e futebol bonito. No último terço tivemos algumas dificuldades e faltou inspiração na hora de rematar à baliza, mas no global temos sido muito competitivos, discutindo a UEFA Champions League e a Taça de Espanha pelo caminho."

Ao longo de todas as competições, o Real revelou-se uma ameaça constante. No entanto, foi durante o primeiro de cinco jogos entre ambos esta época, em final de Novembro, que os "blaugrana" deixaram o adversário visivelmente impressionado, mercê de uma goleada de 5-0 em Camp Nou.

"Lutámos contra uma grande equipa esta época", prosseguiu Guardiola. "De facto, devemos dar muito valor a este triunfo, tendo em conta o rival que defrontámos. Ganhar o quinto campeonato em seis épocas merece bastante mérito. Vamos celebrar esta grande vitória na intimidade do nosso povo, com a família e os amigos, mas também nas ruas. É nossa obrigação desfrutar desta conquista."

Admitindo ter sentido alguma preocupação no início da época, quando recebeu de volta os jogadores que tinham ajudado a Espanha a sagrar-se campeã mundial, o técnico de 40 anos elogiou os feitos alcançados pelos seus "incansáveis" executantes.

"Começámos esta temporada no rescaldo de um Campeonato do Mundo e não sabíamos como íamos responder", acrescentou. "Era esse o mistério: como vamos reagir? Será que ainda mantemos essa sede de vitória? A esse respeito, os jogadores deram uma lição e foram um exemplo. É preciso muito para vencer. Estamos bastante felizes."

Xavi Hernández − que esta época se tornou no recordista de presenças pelo clube − também se mostrou radiante com a sua sexta Liga ao serviço do Barcelona. "Vencer cada uma delas soube-me muito bem, incluindo esta, como podem ver", disse o médio de 31 anos. "Esta é uma grande equipa e quero agradecer a todas as pessoas envolvidas."

Autor de 31 golos no campeonato em 2010/11 até ao momento, Lionel Messi explicou que a vitória "exigiu muito trabalho árduo", especialmente "frente a um grande rival como é o Real Madrid", mas que ele e os colegas de equipa estavam finalmente "prontos para desfrutar da festa".

Última actualização: 12-05-11 11.49CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis dos treinadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/association=esp/news/newsid=1630179.html#barcelona+euforico+novo+titulo