O "site" oficial do futebol europeu

Futebol de luto por Josef Masopust

Publicado: Segunda-feira, 29 de Junho de 2015, 13.01CET
Josef Masopust, Futebolista Europeu do Ano em 1962 e uma das figuras do percurso da Checoslováquia rumo à final do Mundial desse ano, faleceu aos 84 anos.
Futebol de luto por Josef Masopust
Josef Masopust, aqui fotografado com a camisola do Dukla, contabilizou 63 internacionalizações pela Checoslováquia ©Getty Images
Publicado: Segunda-feira, 29 de Junho de 2015, 13.01CET

Futebol de luto por Josef Masopust

Josef Masopust, Futebolista Europeu do Ano em 1962 e uma das figuras do percurso da Checoslováquia rumo à final do Mundial desse ano, faleceu aos 84 anos.

A República Checa e a família do futebol europeu estão de luto pela morte de Josef Masopust, Futebolista Europeu do Ano em 1962, que faleceu aos 84 anos de idade.

Masopust foi um dos grandes centrocampistas da sua geração. Foi uma das figuras da selecção da Checoslováquia que atingiu a final do Campeonato do Mundo da FIFA de 1962, tendo mesmo marcado o primeiro golo dessa final, frente ao Brasil, em Santiago, antes de os sul-americanos darem a volta ao resultado e triunfarem por 3-1.

"Josef Masopust é um futebolista que sempre admirei", afirmou o Presidente da UEFA, Michel Platini. "Era um cavalheiro, tanto dentro como fora de campo. Nos seus tempos de jogador, Josef era verdadeiramente fabuloso. Era um médio clássico no Dukla Praha, com grande talento, instinto goleador, excelente técnica e forte capacidade de drible. Venceu, com toda a justiça, a Bola de Ouro em 1962 e fez parte da grande selecção checoslovaca que terminou no segundo lugar do Mundial do Chile, nesse mesmo ano."

Masopust nasceu na cidade de Most, na zona norte da região da Boémia, a 9 de Fevereiro de 1931. Depois de iniciar a carreira num clube local, o FK Baník Most, assinou pelo FK Teplice quando era ainda adolescente e foi aí que se estreou no escalão principal do futebol do seu país. Mudou-se para o Dukla Praha em 1952 e ajudou a equipa a conquistar oito títulos de campeã.

Ao serviço da selecção principal do seu país, Masopust totalizou 63 internacionalizações, a primeira das quais frente à Hungria, em 1954. Esteve no Mundial de 1958, antes de ajudar a Checoslováquia a conquistar o terceiro lugar no Campeonato da Europa de 1960 da UEFA; dois anos depois brilhou a grande altura no Campeonato do Mundo.

Rumou ao estrangeiro em 1968 e, como treinador-jogador dos belgas do R. Crossing Molenbeek garantiu a subida ao escalão principal. A sua carreira de treinador prosseguiu no Dukla, mas foi ao leme do FC Zbrojovka Brno que conquistou o título de campeão checoslovaco, em 1978. Mais tarde, na década de 1980, foi seleccionador da Checoslováquia durante três anos, antes de uma passagem pela Indonésia.

Para ajudar a UEFA a assinalar o seu Jubileu, em 2004, cada federação nacional de futebol nomeou o seu melhor jogador dos últimos 50 anos. A República Checa elegeu Josef Masopust como o seu Jogador de Ouro.

O Comité Executivo da UEFA vai cumprir um minuto de silêncio em memória de Masopust na sua reunião desta segunda-feira, em Praga. A final do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA, que se realiza esta terça-feira na capital checa, entre Suécia e Portugal, será igualmente precedida por um minuto de silêncio.

Última actualização: 29-06-15 16.53CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/association=cze/news/newsid=2262085.html#futebol+luto+josef+masopust