O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Estrelas unidas contra a pobreza

Os portugueses Ricardo Sá Pinto e Nuno Gomes estiveram em destaque no Jogo Contra a Pobreza, na Grécia, cujo objectivo é "acabar imediatamente com a pobreza", segundo Zinédine Zidane.

Trinta mil pessoas assistiram ao jogo no Pireu
Trinta mil pessoas assistiram ao jogo no Pireu ©AFP

Uma constelação de estrelas do futebol esteve no Pireu, na Grécia, esta terça-feira, para participar na oitava edição do Jogo Contra a Pobreza, iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (UNDP), apoiado pela UEFA e organizado com a colaboração de Zinédine Zidane e Ronaldo.

Antigos e actuais internacionais foram recebidos por mais de 30 mil espectadores no Estádio Georgios Karaiskakis, no Pireu, o recinto do Olympiacos FC, num encontro em que todas as receitas reverteram para o esforço global em reduzir a pobreza e alcançar os oito objectivos de desenvolvimento do milénio das Nações Unidas (MDGs).

O antigo internacional francês Zidane, que ajudou a organizar o encontro na qualidade de Embaixador da Boa Vontade do UNDP, afirmou: "Espero que esta oitava edição do Jogo Contra a Pobreza ajude a passar a mensagem que é urgente juntarmos esforços para acabar imediatamente com a pobreza".

Ronaldo, avançado do SC Corinthians Paulista, que não jogou por estar lesionado, acrescentou: "Apesar de não poder jogar, estou muito orgulhoso por contribuir para este desafio especial. Queria agradecer ao Olympiacos, a todos os jogadores que participaram e, especialmente, aos adeptos que estiveram nas bancadas."

A equipa de estrelas formada por Zidane e Ronaldo, que também é Embaixador da Boa Vontade da UNDP, e treinada por Radomir Antić e Hugo Sánchez, empatou 2-2 com uma equipa de estrelas do Olympiacos. O jogo decorreu num ambiente de festa e a equipa de Zidane ganhou vantagem graças à inspiração de Ricardo Sá Pinto. O ex-dianteiro português fez esquecer os seus 38 anos e inaugurou o marcador aos nove minutos com um belo "chapéu" ao guarda-redes do Olympiacos, Balázs Megyeri, antes de elevar para 2-0 dez minutos depois, correspondendo a um passe de Nuno Gomes, do Benfica.

O treinador do Olympiacos, Ernesto Valverde, fez nove alterações aos 25 minutos, colocando em campo jogadores da actual equipa e o ponta-de-lança helénico Kostas Mitroglou marcou dois minutos mais tarde e levou os adeptos ao delírio. O internacional grego colocou o resultado em 2-2 no início da segunda parte, quando driblou o guarda-redes Antonis Nikopolidis e rematou para a baliza deserta.

Zidane fez algumas das jogadas que o celebrizaram e esteve quase a colocar a sua equipa em vantagem ao cabecear com perigo, tendo sido substituído a 20 minutos do final sob uma enorme ovação.

A equipa dos Amigos de Ronaldo e Zidane alinhou da seguinte forma: Antonis Nikopolidis (Grécia), Ronald de Boer (Holanda), Darko Kovačević (Sérvia), Mahamadou Diarra (Mali), Nuno Gomes (Portugal), Sabri Lamouchi (França), Ricardo Sá Pinto (Portugal), Cornel Râpă (Roménia), Raúl Albiol (Espanha), Yaya Touré (Costa do Marfim), Giovanni van Bronckhorst (Holanda), Pierre Van Hooijdonk (Holanda), William (Brasil), Anthar Yahia (Argélia), Silviu Ilie (Roménia) Marius Găman (Roménia).

O conjunto de Estrelas do Olympiacos contou com a maioria dos jogadores da actual equipa, para além de velhas glórias do clube, que já abandonaram o futebol ou que alinham noutros clubes, incluindo Giorgos Anatolakis (Atromitos FC), Predrag Djordjević, Alexandros Alexandris, Andreas Niniadis, Grigoris Georgatos, Darko Kovačević, e Christian Karembeu.

O Jogo Contra a Pobreza, que conta com o apoio da UEFA e da FIFA, visa despertar a atenção e recolher fundos para a batalha global contra a pobreza e, ao mesmo tempo, destacar o trabalho incansável do UNDP. Todas as receitas provenientes dos bilhetes, patrocínios, direitos de transmissão e doações desta oitava edição vão ser destinadas a combater a pobreza mundial, com especial destaque para os milhões de pessoas que foram atingidas pelo terramoto no Haiti, em Janeiro de 2010, e pelas cheias que afectaram o Paquistão, no último Verão.

A UNDP é a rede global das Nações Unidas para ajudar as pessoas a atingirem os seus objectivos de desenvolvimento e construírem uma vida melhor, e o Jogo Contra a Pobreza é a plataforma ideal para dar destaque ao desafio de erradicar a pobreza no mundo. Os objectivos de desenvolvimento do milénio foram aprovados em 2000 e visam reduzir a metade a pobreza no mundo até 2015, definindo metas para reduzir a fome, doenças, analfabetismo, degradação ambiental e discriminação contra as mulheres.