O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA entrega cheque à CPISRA

A UEFA entregou o seu cheque anual de solidariedade à Federação Internacional de Desporto e Recreação para a Paralisia Cerebral.

A UEFA entregou o seu cheque anual de solidariedade referente ao ano de 2007, no valor de 604 mil euros, à Federação Internacional de Desporto e Recreação para a Paralisia Cerebral (CPISRA).

Gala de entrega
O presidente da organização, Alan Dickson, recebeu o donativo das mãos do Presidente da UEFA, Michel Platini, durante a gala do sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League, que decorreu no Mónaco. A CPISRA, criada em 1978, é uma federação desportiva internacional destinada a atletas com paralisia e danos cerebrais traumáticos, acidentes vasculares cerebrais e doenças relacionadas.

Desporto emocionante
A CPISRA tem a sua própria versão do futebol, que consiste num jogo de sete contra sete que vem sendo disputado por atletas com paralisia cerebral há já vários anos. A organização diz que "as modificações efectuadas às regras da FIFA tornam o futebol numa modalidade emocionante" e acrescenta: "Algumas das alterações incluem um campo e balizas mais pequenas, sem regra de fora-de-jogo e onde os jogadores podem entrar com a bola para dentro de campo sem terem de efectuar reposições de linha lateral".

Competições a todos os níveis
Os participantes têm a possibilidade de disputar competições locais, regionais, nacionais e internacionais. Defrontam atletas com características semelhantes, aprendem as técnicas do futebol a nível individual e colectivo, têm a hipótese de competir, aprender tácticas e melhorar a sua saúde. O ponto alto do calendário competitivo da versão de futebol de sete da CPISRA é a participação nos Jogos Paralímpicos, que decorrem de quatro em quatro anos.

Oferta generosa
"A CPISRA irá usar o dinheiro para desenvolver a sua versão do futebol de sete dentro da Europa e vai seguir o programa de desenvolvimento submetido à UEFA", sublinhou o responsável pela organização. "Ficamos em dívida para com a UEFA por esta oferta generosa que nos permitirá crescer e abrir novas possibilidades para que muitas mais pessoas que sofrem de paralisia cerebral pratiquem a modalidade".

Gesto extraordinário
"Trata-se de um gesto verdadeiramente extraordinário da UEFA e gostaria de deixar, em nome de todas as pessoas ligadas à CPISRA, o meu agradecimento a Michel Platini, Presidente da UEFA, e a todos os seus colegas", referiu ainda Alan Dickson. "Estou tocado por esta oferta e muito satisfeito por ver a nossa versão do futebol reconhecida desta forma. Vamos garantir que o dinheiro será bem gasto", acrescentou Bob Fisher, responsável pelo comité do futebol de sete da CPISRA.

Clique aqui para visitar o "site" da CPISRA