Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Documento sobre especificidade

É pedido à Comissão Europeia que implemente a mais eficaz forma de reconhecer a especificidade do desporto dentro de uma determinada moldura legal.

O Comité Executivo da UEFA reuniu-se em Viena
O Comité Executivo da UEFA reuniu-se em Viena ©UEFA.com

O Comité Executivo da UEFA aprovou um documento a ser enviado pelas diferentes confederações europeias de desportos à presidência francesa da União Europeia. No documento, é pedido à Comissão Europeia que finalmente implemente a mais eficaz forma de reconhecer a especificidade do desporto dentro de uma determinada moldura legal – de concordância com os princípios enunciados no documento e em conjunção com as federações de desportos colectivos.

Luz verde
O documento, que recebeu a luz verde do comité na sua reunião de Viena na sexta-feira, também indica que o Conselho Europeu devia, como primeira medida, confirmar o seu empenho em implementar a definição de especificidade do desporto em termos mais concretos. O Conselho Europeu, concordou o Comité Executivo, devia igualmente declarar o seu apoio unânime pelo princípio de "dupla formação" para jovens desportistas e o conceito de número mínimo de executantes locais (treinados a nível local) ou políticas semelhantes, em plantéis de equipas profissionais.

Protecção aos jogadores jovens
O Comité Executivo também pediu uma protecção mais efectiva dos jovens jogadores e clubes que os formam e, sempre que apropriado, uma regulação mais apertada da circulação internacional de menores; o estabelecimento de um enquadramento legal para um órgão europeu de licenciamento e gestão financeira, a ser administrado pelas confederações europeias de relevo; e uma adesão estreita aos princípios de boa-governação por todas as confederações europeias de desportos colectivos.

Despedidas
O Comité Executivo também se despediu de dois membros cooptados: o presidente da Federação Austríaca de Futebol, Friedrich Stickler, e o representante da Federação Suíça de Futebol, Giangiorgio Spiess. Ambos mantiveram sempre o Comité Executivo informado dos preparativos de ambos os países para o UEFA EURO 2008™. A sua participação no comité termina formalmente com a final de domingo, em Viena, entre a Alemanha e a Espanha.

Papel precioso
"O Comité Executivo deseja deixar assinalado o seu reconhecimento a Friedrich Stickler, que teve um papel crucial para que o UEFA EURO 2008™ tivesse sido o enorme sucesso que tem sido", indicou a UEFA em comunicado. "O seu papel, juntamente com o do presidente da co-anfitriã Suíça, Ralph Zloczower, tem sido imprescindível e não pode ser menosprezado. Giangiorgio Spiess é membro do Comité Executivo da UEFA desde 1996 e cumpriu uma longa e distinta carreira no comité. O Comité Executivo deseja, assim, agradecer-lhe pelo seu trabalho ao longo dos anos e formula votos de tudo de bom para o futuro".

Topo