Parcerias principais

A estratégia de responsabilidade social da UEFA conta com parcerias de longa duração com várias organizações:
Olimpíadas Especiais (SO)- Futebol para todos
Futebol Contra o Racismo na Europa (FARE) - Na liderança do combate ao racismo e à discriminação
Cruzamento de CulturasOpen Fun Football Schools- Promoção da reconciliação e da paz
Federação Mundial de Cardiologia (WHF) - Saúde e combate à obesidade infantil

Olimpíadas Especiais (SO)
Dá oportunidade a mais de 3,1 milhões de atletas com deficiência mental em mais de 170 países. A parceria do Projecto de Desenvolvimento de Futebol da UEFA com as Olimpíadas Especiais Europa/Eurásia começou em 1998 e visa, principalmente, envolver mais jogadores com deficiência mental no futebol.

• O número de participantes aumentou de 30.000 para 110.000
• Foram criados novos programas de futebol em oito países da Europa de Leste
• A rede de coordenadores nacionais de futebol foi alargada a 48 países
• A Semana Europeia de Futebol dos SO conta com 50.000 atletas em 48 países
• A rede de embaixadores foi alargada a 23 países
• Produção de quatro vídeos e DVD de treinos
• Atribuição de mais de 200 bolsas em 50 países
• 13 competições europeias de futebol

Futebol Contra o Racismo na Europa (FARE)
Criada em 1999, em Viena, a FARE representa as ONGs, grupos de adeptos, de migrantes, organizações de minorias étnicas e indivíduos em mais de 40 países. Nos últimos dez anos, as actividades da FARE e da UEFA aumentaram a consciência da discriminação no futebol e apontaram a melhor forma de a combater.

A UEFA apoia a FARE em actividades como:
• A Semana de Acção em Outubro, em que os capitães de equipa usam braçadeiras da Unidos Contra o Racismo e são exibidas mensagens de combate ao racismo nos ecrãs gigantes dos encontros da UEFA Champions League.
• Conferências Unidos Contra o Racismo, a último decorreu em Varsóvia, em 2009.
• Eventos para os escalões jovens, como o Mondiali Antirazzisti.
• Projecto das embaixadas de adeptos no UEFA EURO 2008.

Cruzamento de Culturas Open Fun Football Schools
A criação de escolas em zonas que saíram de conflitos com o objectivo de utilizar o futebol das crianças como meio de facilitar a amizade e cooperação desportiva entre as pessoas que vivem em comunidades divididas.

• Foram abertas mais de 1.000 Open Fun Football Schools desde 1998, que acolheram mais de 200.000 mil jovens em dez países situados em algumas das zonas mais turbulentas na Europa.
• Cento e cinquenta Open Fun Football Schools foram montadas nos Balcãs e no Cáucaso, em 2009, acolhendo 30.000 crianças entre os sete os onze anos, com diferentes origens étnicas e sociais.
• Recrutamento e formação de cerca de 2.800 treinadores voluntários para poderem orientar as sessões.

Federação Mundial de Cardiologia (WHF)

A WHF está empenhada em ajudar as pessoas a terem uma vida melhor e mais longa através da prevenção e controle de doenças cardíacas e dos enfartes. A parceria com a UEFA está centrada na promoção de estilos de vida saudáveis para as crianças e no combate à obesidade infantil.

• O livro de culinária para crianças "Eat for Goals!" foi lançado em Setembro de 2008, contando com a colaboração de 13 jogadores e jogadoras de alto nível, e visa transmitir a mensagem que um estilo de vida saudável requer alimentação saudável. Está agora disponível uma edição em capa dura do livro.
• Promover estilos de vida saudáveis através dos seus programas para crianças.
• A UEFA também apoia Dia Mundial do Coração, que se realiza, todos os anos, no último domingo de Setembro.