Adeptos com deficiência fixam recorde na Polónia

O jogo entre Śląsk Wrocław e Lechia Gdańsk, da Ekstraklasa, foi notável por estabelecer um recorde para espectadores portadores de deficiência, pouco mais de 1.000.

Adeptos portadores de deficiência no jogo entre o WKS Śląsk Wrocław e o KS Lechia Gdańsk
Adeptos portadores de deficiência no jogo entre o WKS Śląsk Wrocław e o KS Lechia Gdańsk ©CAFE

O fim-de-semana passado trouxe consigo uma marca histórica no futebol polaco, já que pela primeira vez mais de 1.000 adeptos com deficiência assistiram a um jogo.

O desafio em Wroclaw relativo ao principal escalão, entre WKS Śląsk Wrocław e KS Lechia Gdańsk, no sábado, dia 18 de Abril, foi disputado no estádio construído de propósito para o UEFA EURO 2012, que agora representa parte do legado da UEFA para o país criado por esse torneio.

No entanto, o mais significativo neste embate da Ekstraklasa foi que, entre o total de 11.000 espectadores, quase 10 por cento eram adeptos com deficiência. A sua presença foi proporcionada pelo Centro para Acesso ao Futebol na Europa (CAFE), parceiro de responsabilidade social da UEFA para o futebol. A iniciativa faz parte da semana de acção do CAFE, intitulado "Futebol Total, Acesso Total", com o Klub Kibicow Niepelnosprawnych (KKN) – a maior associação polaca de adeptos com deficiência, sediada em Wroclaw – a ajudar no seu sucesso.

"Este é um feito notável, e enviamos calorosos parabéns ao KKN, Śląsk Wrocław e a todos os adeptos com deficiência que estiveram presentes", disse Joyce Cook, directora-geral do CAFE. "Quando recordo o início do trabalho na Polónia, eram muito poucos os adeptos com deficiência que assistiam a jogos ao vivo. Percorremos um longo caminho o futebol está a mudar a vida de pessoas com deficiência na Polónia".

Pawel Parus, presidente do KKN, cuja associação foi funada em 2008 e reúne regularmente cerca de 200 membros para assistirem a jogos, acrescentou: "Muitas pessoas ajudaram-nos a atingir este objectivo. Estou orgulhoso de todas as pessoas com deficiência que, a 18 de Abril, deixaram as suas casas e assistiram ao jogo Śląsk Wrocław - Lechia Gdańsk".

"Somos o primeiro clube na Europa que decidiu aceitar o desafio de bater a marca dos 1000 espectadores. Quero agradecer ao Śląsk Wrocław e a todas as instituições que ajudaram nesta actividade", acrescentou Michal Fitas, vice-director do KKN. O anterior recorde num estádio polaco era de 230 adeptos com deficiência, estabelecido em 2011.

O objectivo da semana "Futebol Total, Acesso Total" do CAFE era promover o acesso melhorado a jogos ao vivo para adeptos com diferentes tipos de deficiência, bem como criar uma experiência de jogo inclusiva. O que inicialmente parecia um recorde difícil de quebrar acabou por revelar-se um sucesso. Se tudo correr bem, a iniciativa em Wroclaw vai inspirar outros clubes europeus a estabelecerem recordes semelhantes, tornando o futebol acessível e agradável para todos.

Visite o "site" do CAFE para saber mais sobre este evento de referência: http://bit.ly/1DEhjqC

Topo