Cimeira UEFA-UE sobre estádios e segurança

A segurança nos jogos de futebol esteve em destaque em Varsóvia, durante a Conferência UEFA-UE Sobre Estádios e Segurança, um fórum de debate, partilha de ideias e busca de soluções.

A bancada dos delegados presentes em Varsóvia na Conferência UEFA-UE sobre Estádios e Segurança
A bancada dos delegados presentes em Varsóvia na Conferência UEFA-UE sobre Estádios e Segurança ©Getty Images

A UEFA e a União Europeia uniram esforços esta semana ao organizarem, como é tradição todos os anos, a Conferência UEFA-UE Sobre Estádios e Segurança, em Varsóvia.

A reunião é realizada no início de cada época e conta com a participação de representantes da polícia europeia e de organismos governamentais, responsáveis pela segurança da UEFA e das federações nacionais, responsáveis pela segurança dos clubes que participam esta época nas fases de grupos da UEFA Champions League e da UEFA Europa League, o National Football Information Points (NFIP) e proprietários de estádios. O lema da reunião deste ano foi: "O Futebol Assume o Lugar de Destaque".

O futebol enfrenta uma série de desafios e um dos mais exigentes é a necessidade de criar um ambiente seguro e acolhedor durante os jogos. O futebol tem de encarar as questões de segurança a vários níveis, que vão desde distúrbios com espectadores até à possibilidade dos jogos serem usados como palco para protestos políticos e como forma de expressar opiniões de extremismo racista.

A conferência vai analisar a melhor forma de lidar com estas questões, garantindo que o jogo em si assume o lugar de destaque. A conferência de Varsóvia vai encorajar uma abordagem integrada das principais preocupações em matéria de segurança e de serviços, através da partilha de boas-práticas, assim como do estabelecimento de parcerias entre várias agências a todos os níveis das autoridades públicas e do futebol.

O encontro sobre segurança entre a UEFA e a UE é encarado como um evento fundamental, pois representa uma rara oportunidade para se reunirem todos os parceiros envolvidos na gestão e operações de segurança no futebol europeu, para debaterem as suas áreas de actuação, ao mesmo tempo que procuram soluções duradouras para o futuro.

A UEFA congratula-se com o apoio dos governos, autoridades públicas e policiais, para além dos clubes, neste esforço para garantir que as competições europeias podem ser disputadas num ambiente seguro.

Topo