O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Árbitros prontos para novos desafios

O curso de árbitros de Inverno da UEFA terminou com estes prontos para enfrentarem a segunda parte da época europeia de clubes e selecções, bem como o UEFA Women's EURO 2013, na Suécia.

Katalin Kulcsár (à esquerda) e Felix Brych comparam notas no curso de árbitros da UEFA, em Roma
Katalin Kulcsár (à esquerda) e Felix Brych comparam notas no curso de árbitros da UEFA, em Roma ©Sportsfile

Os principais árbitros europeus, incluindo o grupo de árbitras que vai dirigir os jogos do UEFA Women's EURO 2013, na Suécia, este Verão, partem para a segunda metade da temporada com palavras de encorajamento – e a mensagem de que devem manter os padrões elevados que fazem dos árbitros europeus elementos respeitados por todo o Mundo.

No 21º Curso Avançado para Árbitros de Topo da UEFA e no 22º Curso Introdutório para Árbitros Internacionais da UEFA, realizado em Roma esta semana, os principais árbitros tiveram a companhia dos estreantes na lista internacional da FIFA – e, pela primeira vez, participaram no curso de Inverno da UEFA árbitras de elite, reflecxo da enorme evolução dada no futebol feminino nos últimos anos.

Ao longo de três dias em Itália, os árbitros foram submetidos a testes físicos e exames médicos no âmbito de um programa de treino alargado, realizaram debates em grupo, assistiram a palestras dadas por membros do Comité de Arbitragem da UEFA, participaram em sessões vídeo de análise de imagens devidamente preparadas de jogos da UEFA, da presente época e anteriores. O curso preparou os árbitros para as tarefas nas competições de clubes e selecções da UEFA que se avizinham – especialmente a aguardada fase final do Europeu Feminino, em Julho.

A oportunidade para as árbitras se juntarem aos homólogos masculinos foi uma inovação recebida com agrado, ponto de vista destacado pela húngara Katalin Kulcsár, que vai estar presente no UEFA Women's EURO 2013, no Verão. "Todas nós apreciámos esta ocasião", disse ao UEFA.com. "É um novo desafio para nós estarmos aqui. É especial estar com os árbitros e partilhar experiências com eles."

"Gostamos da ajuda que Werner Helsen [perito físico de árbitros da UEFA] e a sua equipa nos dão. Quando se começa a arbitrar, não é fácil descobrirmos por nós próprios como treinar bem – para isso é precisa a ajuda dos treinadores."

Seguem-se agora meses entusiasmantes para Kulcsár e a sua experiência em Roma, sem dúvida, vai mantê-la no bom caminho. "Faço parte do grupo de árbitras escolhido para o EURO 2013, por isso o meu objectivo para este ano é estar a bom nível neste evento", disse. "Aguardo com expectativa – e este foi um bom início para as preparações deste ano."

O árbitro alemão Felix Brych, elemento experiente ao mais alto nível europeu actualmente, fez eco da opinião unânime de que o curso de Inverno da UEFA foi a maneira ideal e estimulante para revisitar a primeira parte da campanha e planear as tarefas futuras. "Encontramo-nos sempre a meio da época e isso fornece enorme motivação para os próximos jogos, e também refrescar os principais tópicos da arbitragem", explicou. "Adoro vir aqui e reencontrar os meus colegas, e também preparar os próximos jogos. É uma excelente oportunidade para partilhar experiências com árbitros do presente e do passado."

A UEFA também está a utilizar os árbitros assistentes adicionais (AARs) nas suas principais competições, após o sistema ter sido introduzido nas Leis do Jogo, no Verão passado. O sistema está a provar o seu valor, com os árbitros assistentes adicionais posicionados ao longo da linha de baliza para ajudarem os árbitros principais a tomarem decisões em relação, principalmente, a incidentes registados na grande área. Uma característica fascinante das actividades em Roma foi uma sessão prática, na qual os árbitros ficaram a conhecer métodos de treino específicos que estão a ser utilizados para treinar AARs e melhorar os respectivos desempenhos.

"Foi interessante estar ao lado das balizas, de modo a perceber o ponto de vista dos árbitros assistentes adicionais", disse Brych. "Foi bom para mim alterar a perspectiva e ângulo de visão que tinha, e estou certo que isto me vai ajudar no decorrer dos jogos."

"Nunca tinha estado nessa posição durante um jogo ou mesmo num treino – só tinha ouvido falar sobre isso, e certamente foi interessante observar o jogo a partir de um ângulo diferente", acrescentou Kulcsár.

O responsável pela arbitragem da UEFA, Pierluigi Collina, desejou aos árbitros europeus o melhor dos sucessos no seu trabalho para a Primavera e o Verão. "Estamos felizes por terem dado o máximo", disse. "Estamos satisfeitos com as exibições das árbitras. A sua presença aqui é um marco para a UEFA."

"Agora vamos enfrentar a parte mais importante da época", disse Collina aos árbitros. "O vosso empenho tem sido notável. São profissionais, estão no topo do futebol. Têm que se orgulhar disso, mas também têm de ser responsáveis – e a UEFA está sempre pronta para vos apoiar."