"Treinar os treinadores": encontro no Chipre

Os principais formadores de treinadores do futebol europeu reuniram-se em Nicósia, no Chipre, para a mais recente Conferência de Formação de Treinadores da UEFA.

Numa sessão prática, formadores de treinadores viram Marcos Spanos, treinador do Anorthosis Famagusta, realizar um treino com os jovens jogadores do clube
Numa sessão prática, formadores de treinadores viram Marcos Spanos, treinador do Anorthosis Famagusta, realizar um treino com os jovens jogadores do clube ©Sportsfile

Os adeptos de futebol sabem que o trabalho do treinador passa por tirar o melhor proveito dos seus jogadores. Mas o papel menos visível, mas não menos importante, dos formadores de treinadores esteve em evidência num encontro especial no Chipre.

"Os formadores de treinadores podem não ocupar o centro das atenções no futebol, mas certamente são figuras-chave", disse o presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, durante a Conferência de Formação de Treinadores da UEFA, em Dezembro, na cidade de Nicósia.

"Estes profissionais desempenham um papel crucial na manutenção e desenvolvimento do nosso jogo".

A UEFA trabalha em estreita colaboração com os formadores de treinadores para ajudá-los a cumprir os seus desígnios do jogo: elevar os padrões do futebol europeu através do papel do treinador. Treinadores com formação de qualidade estão em melhor posição para produzir jogadores de elite e, posteriormente, construir equipas de grande valia.

Celebrar a Convenção de Formação de Treinadores da UEFA

O encontro de 2019 no Chipre foi o momento ideal para celebrar os feitos de um componente essencial da actividade europeia de treino e formação de treinadores - a Convenção de Formação de Treinadores da UEFA.

Graças aos padrões consagrados na Convenção, existem actualmente 190.000 treinadores preparados e qualificados para os padrões da UEFA, que praticam a sua profissão em toda a Europa e não só.

Clique aqui para ver a Convenção de Formação de Treinadores da UEFA

A Convenção, lançada em 1997, tem vários objectivos:

• estabelecer a formação em futebol como uma profissão reconhecida e regulamentada;

• garantir a disponibilidade de treinadores profissionais e amadores instruídos, dentro e fora de campo.

• garantir a qualidade contínua do futebol. A Convenção afirma claramente que o nível técnico está em grande parte nas mãos dos treinadores, com o seu papel primordial no desenvolvimento dos jogadores e no próprio jogo.

Três tópicos para treinadores de futebol

Ao estabelecer os padrões para os formadores de treinadores nas últimas duas décadas, a Convenção tem fornecido três pontos para a profissão de formador:

1. padrões elevados e em melhoria constante;

2. credibilidade promovida;

3. abrir o caminho para a livre circulação de treinadores qualificados na Europa.

Topo