Novidade: fase de grupos da UEFA Women’s Champions League

O Comité Executivo da UEFA tomou várias decisões durante a reunião realizada hoje em Nyon, na Suíça.

Final da UEFA Women's Champions League Final em 2019
Final da UEFA Women's Champions League Final em 2019 ©Sportsfile

050 - VAR alargado a mais competições de selecções nacionais

A UEFA vai transformar o formato da UEFA Women’s Champions League em 2021/22, numa alteração com o objectivo de aumentar a competitividade e a exposição do futebol feminino através da sua competição de elite.

As mudanças, anunciadas hoje pelo Comité Executivo da UEFA, representam uma alteração fundamental do formato actual. A partir da temporada 2021/22, os clubes das rondas 1 e 2 serão divididos em caminho dos campeões (vencedores da liga nacional) e caminho da liga, enquanto tentam alcançar a nova fase de grupos de 16 equipas. Nesta nova fase da prova, quatro grupos de quatro equipas medem forças em casa e fora, com os dois primeiros de cada grupo a passarem aos quartos-de-final.

"A decisão de hoje é uma mudança de paradigma para o futebol feminino", disse o Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin: "A melhor competição de clubes feminina do mundo terá a plataforma e a visibilidade que merece."

Potenciar a cobertura dos media

A decisão da UEFA também inclui etapas específicas para aumentar a exposição da competição de elite de clubes femininos. A cobertura de marketing e televisão será centralizada a partir da fase de grupos, ao passo que - na sua primeira temporada - oito jornadas (duas na ronda 2, quatro na fase de grupos e as duas mãos dos quartos-de-final) serão agendadas para garantir que não entram em conflito com os principais jogos do calendário europeu de futebol.

O pacote de mudanças acordadas demonstra o compromisso do organismo que gere o futebol europeu em implementar o seu objectivo estratégico de cinco anos para o futebol feminino: duplicar o alcance e o valor da UEFA Women’s Champions League até 2024.

"Quando lançámos a nossa estratégia inovadora para o futebol feminino #TimeForAction, no início deste ano, prometemos tomar medidas concretas para garantir uma modalidade mais profissional e próspera", disse Čeferin. "Ao assegurar às equipas mais jogos contra os seus adversários de elite, acreditamos que a estrutura dos grupos aumentará ainda mais a qualidade do jogo feminino", acrescentou.

Utilização do VAR alargada

O Comité Executivo da UEFA concordou também em usar o VAR no próximo "play-off" da Qualificação Europeia, em Março de 2020, bem como na Qualificação Europeia de 2022 para o Campeonato do Mundo, sujeito à aprovação da FIFA no último caso.

"Play-off" para o Campeonato do Mundo de 2022

O sistema de qualificação para determinar as 13 selecções europeias apuradas para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2022 foi aprovado da seguinte forma, aguardando validação da FIFA:

• Os dez vencedores dos grupos da Qualificação Europeia apuram-se directamente para a fase final;

• Além disso, os três vencedores de um "play-off" envolvendo:

  • os dez segundos classificados dos grupos da Qualificação Europeia;
  • e os dois melhores vencedores dos grupos do ranking geral da UEFA Nations League 2020/21 que não se qualificarem directamente para a fase final como vencedores do grupo na Qualificação Europeia, nem entraram no "play-off" como segundos classificados do grupo na Qualificação Europeia.

O caminho combinado da qualificação para o "play-off", incluindo os segundos classificados na Qualificação Europeia e as equipas com base nos resultados da UEFA Nations League 2020/21, faz parte da intenção da UEFA de recompensar as conquistas desportivas na fase de grupos da UEFA Nations League, de acordo com a filosofia original da prova, que premeia todas as equipas pelas seus feitos, independentemente da liga em que participam.

Serão formados três caminhos de "play-off" com dois pares de cada uma das meias-finais. As meias-finais serão disputadas em jogos a eliminar numa só jogo. O vencedor de cada meia-final ruma à respectiva final do "play-off", para a qual será realizado um sorteio com antecedência para determinar a formação que joga em casa.

Os vencedores das três finais do "play-off" apuram-se para o Campeonato do Mundo da FIFA de 2022.

Sorteio da fase de ligas da UEFA Nations League

O procedimento do sorteio para a fase de ligas da UEFA Nations League de 2020/21 - com base no novo formato decidido pelo Comité Executivo da UEFA em Setembro de 2019, em Ljubljana - foi aprovado. O sorteio realiza-se em Amesterdão a 3 de Março de 2020, às 17h00 (de Portugal Continental).

Fase final da UEFA Futsal Champions League 2020

Minsk foi escolhida como a cidade-anfitriã da UEFA Futsal Champions League em 2020, naquela que será a primeira fase final em terreno neutro e que contará com as equipas de Barça (ESP), KPRF (RUS), Murcia FS (ESP) e Tyumen (RUS) entre 23 e 26 de Abril de 2020.

Calendário de jogos da UEFA Women’s EURO 2021

O Comité Executivo da UEFA confirmou igualmente o calendário de jogos para o UEFA Women’s EURO 2021. O torneio irá decorrer de 7 de Julho a 1 de Agosto de 2021, estando a final marcada para o Wembley Stadium, em Londres. O local da partida de abertura será confirmado em devido tempo.

UEFA Women’s Futsal EURO 2020/21

Os regulamentos do Campeonato da Europa Feminino de Futsal da UEFA de 2020/21 - a segunda edição do torneio - foram aprovados.

Política de protecção infantil

O Comité Executivo da UEFA aprovou uma política de protecção infantil e um conjunto de ferramentas para as suas federações-membro quer permitam garantir que o futebol é uma experiência segura, positiva e agradável para todas as crianças e jovens envolvidos.

Próxima reunião

A próxima reunião do Comité Executivo da UEFA está agendada para 2 de Março de 2020, em Amesterdão.

Topo