Aleksander Čeferin visita Bielorrússia

Aleksander Čeferin, Presidente da UEFA, visitou a Bielorrússia e anunciou o compromisso da UEFA para ajudar o desenvolvimento futebolístico do país a "atingir um novo nível".

©BFF

Aleksander Čeferin, Presidente da UEFA, esteve na Bielorrússia para uma visita de dois dias.

Durante este período, realizou-se uma reunião de trabalho entre o dirigente e Aleksandr Lukashenko, Presidente da República da Bielorrússia, que teve lugar no Palácio da Independência, na capital Minsk. O Presidente da UEFA também manteve conversações com dirigentes da Federação de Futebol da Bielorrússia (BFF).

Os debates com Aleksandr Lukashenko centraram-se numa variedade de tópicos, com a prioridade a ser dada ao desenvolvimento de infra-estruturas futebolísticas do país.

"Temos uma boa relação profissional com a federação", disse Aleksander Čeferin. "Somos amigos, o que é algo importante. Fico satisfeito por ver que o desporto na Bielorrússia recebe apoio deste nível, e estou feliz pelo futebol em particular".

O Presidente da UEFA realizou a sua primeira visita oficial à Bielorrússia e Aleksandr Lukashenko aproveitou a oportunidade para falar sobre assuntos futebolísticos com Aleksander Čeferin. "Esperamos que as nossas relações sejam fortalecidas", disse Aleksandr Lukashenko após a reunião.

Aleksander Čeferin encontrou-se depois com Vladimir Bazanov, Presidente da BFF, na Casa do Futebol da federação. A reunião centrou-se em questões infra-estruturais, o desenvolvimento das "raízes" do futebol e futebol jovem, a assistência da UEFA à Bielorrússia segundo o programa HatTrick, e a cooperação entre UEFA e Bielorrússia com base no programa UEFA GROW, cujo objectivo é ajudar as federações-membro a evoluírem e maximizarem o seu potencial. "É necessário investir no desenvolvimento do futebol de formação e infra-estruturas, e a UEFA ajudará em todos os sentidos", disse o Presidente da UEFA, que acrescentou que incentivos ao desenvolvimento futebolístico permitiriam à Bielorrússia "atingir um novo nível".

"Estou feliz por receber Aleksander Čeferin e os seus colegas na Bielorrússia", disse Vladimir Bazanov. "O Presidente [da UEFA] tem a seu cargo 55 federações, as quais deve visitar, inteirar-se dos seus assuntos e, se necessário, ajudar... e nesse aspecto ele ajuda-nos muito".

O GROW tem estado a trabalhar com a BFF para desenvolver um plano de assuntos públicos para que se possa implementar uma relação estratégica entre governo e municípios. Para além disso, o GROW, juntamente com o programa das "raízes" da UEFA, financiou cursos de formação de treinadores ao nível das "raízes" do futebol e também tem estado a cooperar num projecto-piloto de desenvolvimento de clubes, com o objectivo de oferecer oportunidades no futebol aos jovens. Um dos sucessos na assistência HatTrick à Bielorrússia tem sido a construção, ajudada pelo financiamento da UEFA, de um centro técnico de elevada qualidade para as selecções bielorrussas. 

A Bielorrússia organizou a mais recente Conferência sobre "Raízes" do Futebol da UEFA, em Junho, em Minsk. Para além disso, UEFA e BFF lançaram em 2018 um projecto conjunto, com a duração de um ano, destinado, entre outros aspectos, ao desenvolvimento das actividades das "raízes" do futebol e ao aumento os níveis de participação.

Desde 2014, o programa de desenvolvimento jovem de elite da UEFA tem sido fundamental para ajudar ao desenvolvimento de jovens talentosos jogadores bielorrussos, como parte de um projecto-piloto que engloba mais três países: Arménia, Geórgia e Macedónia do Norte. Cada federação recebeu financiamento da UEFA para ajudar a cobrir os custos de uma academia de futebol para jogadores Sub-14 e Sub-15, criar programas técnicos e aumentar os padrões de treino.

Topo