Mihaylov e Lato homenageados pelas 100 internacionalizações

Borislav Mihaylov e Grzegorz Lato foram os últimos jogadores a serem distinguidos pela UEFA por terem disputado 100 jogos ao serviço das respectivas selecções.

Grzegorz Lato recebe o galardão das mãos do Presidente da UEFA, Michel Platini
Grzegorz Lato recebe o galardão das mãos do Presidente da UEFA, Michel Platini ©UEFA.com

Borislav Mihaylov e Grzegorz Lato foram os últimos distinguidos com o prémio criado pela UEFA, que visa premiar antigos e actuais jogadores do futebol europeu por terem disputado 100 jogos ao serviço dos seus países.

Mihaylov, antigo guarda-redes da Bulgária, e Lato, ex-avançado da Polónia, receberam o prémio, constituído por um boné e uma medalha comemorativa, das mãos do presidente da UEFA, Michel Platini. A cerimónia decorreu em Limassol, no Chipre, e foi presenciada pelos presidentes e secretários-gerais das 53 federações nacionais membros da UEFA.

A homenagem decorreu antes da reunião do Comité Executivo da UEFA, que começa na quinta-feira na cidade cipriota. Mihaylov e Lato seguiram os passos de outros jogadores centenários, que já tinham recebido os seus prémios nos jogos disputados recentemente a contar para a qualificação para o UEFA EURO 2012.

Mihaylov, que defendeu a baliza do Belenenses, foi 102 vezes internacional pela Bulgária, sendo o capitão da equipa que atingiu as meias-finais do Campeonato do Mundo de 1994, o melhor resultado de sempre do país. Actualmente é membro do Comité Executivo da UEFA, e presidente da Federação Búlgara de Futebol (BFS) desde 2005.

Lato foi o primeiro jogador da Polónia a atingir as 100 internacionalizações e esse recorde só foi ultrapassado por Michał Żewłakow, em 2005. Marcou 45 golos pela selecção nacional e ajudou o país a atingir o terceiro lugar nos Campeonatos do Mundo de 1974 e de 1982. Lato é o presidente da Federação Polaca de Futebol (PZPN) desde 2008, sendo o responsável pelos preparativos para a co-organização do UEFA EURO 2012.

Actualmente existem 109 jogadores europeus que disputaram pelo menos 100 jogos pela selecção sénior dos seus países, mas existem muitos outros perto de atingir esta marca. A lista completa está disponível no UEFA.com.

Futuramente, serão entregues mais prémios em jogos internacionais e outros eventos por toda a Europa.

Topo