UEFA assume controlo do estádio Colovray

A cerimónia de passagem de testemunho do estádio Colovray, em Nyon, para as mãos da UEFA, teve lugar esta terça-feira, iniciativa que vinca o empenho para com o crescimento do futebol e da cidade.

O empenho da UEFA no contínuo desenvolvimento do futebol europeu - e do desporto na cidade de Nyon, a sua casa, na Suíça - será reforçado a 1 de Abril, quando esta assumir a gestão do impressionante Estádio Colovray, situado em frente à sede do organismomáximo do futebol do Velho Continente.

A cerimónia de passagem de testemunho teve lugar esta terça-feira, no histórico castelo de Nyon, com a assinatura dos registos notariais necessários pelo Presidente da UEFA, Michel Platini, e pelo presidente da câmara de Nyon, Daniel Rossellat. Vários direitos a longo-prazo passaram, assim, para as mãos da UEFA, no que respeita à posse das várias instalações existes no complexo do estádio Colovray.

Nyon é, desde 1995, a casa da UEFA, ano em que o organismo deixou Berna, e a Casa do Futebol Europeu, nas margens do Lago Genebra, foi inaugurada no Outono de 1999. O estádio Colovray é composto por um campo de futebol principal - usado em torneios de preparação e treinos de pré-temporada por diferentes clubes e selecções - e vários outros campos, para além de uma pista de atletismo e um restaurante.

A UEFA vai utilizar o complexo de Colovray para os seus próprios eventos e uma das medidas-chave iniciais a serem tomadas será a criação de um centro de arbitragem de excelência para jovens árbitros continuarem o seu treino e desenvolvimento. Será colocado um novo relvado artificial, com instalações que sigam os requisitos da Federação Suíça de Futebol (SFV-ASF) para partidas do segundo escalão, onde actua o Stade Nyonnais, clube local. A vida desportiva em Nyon vai continuar a crescer, com os clubes e associações desportivas da cidade a tirarem total proveito das infra-estruturas de topo.

"Estou muito feliz", afirmou Michel Platini. "Esta é a história de uma visão. Queria criar um Centro do Futebol Europeu e tal está a ganhar forma. Penso que é algo de extraordinário". Platini explicou que sempre desejou fazer avançar o lado do futebol das actividades da UEFA, para além dos seus deveres administrativos, em particular através de uma parceria com Nyon, aproveitando a existência de excelentes instalações desportivas tão perto do "quartel-general" da UEFA.

Platini destacou ainda que o complexo de Colovray não iria oferecer infra-estruturas de topo apenas às 53 federações membro, mas também às pessoas de Nyon, como já acontece actualmente. "Comprometemo-nos a respeitar todas as associações desportivas locais, que aí disputam os seus jogos, e todos os jovens locais que participam em actividades de desporto".

"Gostaria de saudar o Presidente da UEFA, Michel Platini, pela sua visão, bravura e coragem", afirmou o edil de Nyon, Daniel Rossellat. "Creio tratar-se de algo de extraordinário - estamos a inovar. Há poucos exemplos como este na Europa e, definitivamente, nenhum na Suíça. Para Nyon, este acordo representa uma oportunidade excepcional".

Está, igualmente, a ser concluída a construção de um novo edifício da UEFA, junto ao complexo desportivo de Colovray. Este novo edifício - de forma circular e de encontro aos mais altos padrões e exigência ambiental e ecológica - permitirá à UEFA juntar funcionários que se encontram espalhados por diferentes locais.

Topo