O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Segurança discutida em Amesterdão

A UEFA, em cooperação com o Centro de Informação sobre o Hooliganismo na Holanda, juntou diversas partes em Amesterdão com o objectivo de discutir questões de segurança nos jogos internacionais.

A segurança é um dos temas que mais preocupa a UEFA
A segurança é um dos temas que mais preocupa a UEFA ©UEFA.com

A UEFA, em cooperação com o Centro de Informação sobre o Hooliganismo na Holanda (CIV), juntou diversas partes em Amesterdão com o objectivo de discutir questões de segurança relativas a jogos de futebol internacionais.

Segurança nos jogos
A reunião contou com a presença de representantes da polícia europeia e de órgãos governativos, oficiais de segurança da UEFA e as federações nacionais de futebol, bem como responsáveis pela segurança dos clubes envolvidos na UEFA Champions League da presente temporada. "O evento foi uma oportunidade de dar início ao planeamento de segurança para os jogos da fase de grupos da UEFA Champions League, trocar informação sobre os clubes participantes e partilhar experiências, bem como realçar boas e más práticas", disse o director dos estádios e segurança da UEFA, Marc Timmer.

Cooperação
A UEFA defende que medidas de segurança eficientes dentro e em redor dos estádios são essenciais para o futuro bem-estar do futebol. Consequentemente, a cooperação próxima está a ser promovida entre todas as partes relevantes, com o intuito de prevenir e actuar sobre desacatos e violência em torno da modalidade. O encontro em Amesterdão é outro esforço levado a cabo para garantir um ambiente de jogo seguro e orientado para os serviços. "A reunião de Amesterdão desenvolve ainda mais a filosofia de cooperação em relação às questões de segurança, promovida pela liderança do actual Presidente da UEFA", adiantou o director de comunicação da UEFA, William Gaillard.