Shakhter coloca ponto final no jejum de títulos

Apesar das condições climatéricas adversas, o Shakhter manteve a calma e conquistou o seu primeiro campeonato cazaque, título que o treinador Viktor Kumykov dedicou aos "fiéis adeptos".

Os jogadores do Shakhter Karagandy festejam o fim de um jejum de 19 anos sem ganhar títulos
Os jogadores do Shakhter Karagandy festejam o fim de um jejum de 19 anos sem ganhar títulos ©Zhanay Zhumadildin

O FC Shakhter Karagandy conquistou o seu primeiro campeonato cazaque, depois de bater o FC Astana por 2-0 na última jornada, graças a um "bis" de Sergey Khizhnichenko.

O Shakhter teve que lidar com temperaturas glaciares e um súbito nevão, mas as condições climatéricas traiçoeiros não impediram o seu melhor marcador, Khizhnichenko, de inaugurar o marcador a meio da primeira parte, e de fazer o seu 16º golo da conta pessoal, a oito minutos do fim.

"Não nos podíamos dar ao luxo de perder esta noite", disse o treinador Viktor Kumykov, cuja equipa pôs fim a um jejum de 19 anos sem títulos. "Apesar de o tempo nos ter tentado impedir, cumprimos o nosso plano de jogo cuidadosamente e foi essa a razão porque alcançámos o resultado pretendido. Temos que agradecer aos nossos adeptos, porque merecem este sucesso, há tanto tempo aguardado".

O FC Zhetysu Taldykorgan manteve-se no segundo lugar, apesar da derrota com o FC Irtysh Pavlodar, por 2-1. A jornada foi infeliz para o Astana, já que foi afastado do terceiro lugar pelo FC Aktobe, que venceu o FC Ordabasy Shymkent por 4-2, com golos de Malick Mane e Vladimir Djilas em tempo de compensação.

Enquanto o FC Vostok Oskemen já tinha visto ser confirmada a descida na penúltima jornada, ainda existia esperança para o FC Kairat Almaty. Mas o outrora bicampeão cazaque empatou com o FC Taraz e, desse modo, desceu ao segundo escalão pela segunda vez nas últimas três épocas.