City dá a volta ao Sunderland e vence Taça da Liga

Yaya Touré e Samir Nasri marcaram separados por um minuto da segunda parte e ajudaram o Manchester City a ganhar a Taça da Liga inglesa ao bater o Sunderland por 3-1.

O Manchester City festeja em Wembley
O Manchester City festeja em Wembley ©Getty Images

Dois golos marcados separados por um minuto da segunda parte ajudaram o Manchester City FC a dar a volta ao marcador na vitória de 3-1 sobre o Sunderland AFC, em Wembley, e a vencer a Taça da Liga inglesa.

O sonho dos “black cats” em ganhar o primeiro troféu desde 1973 começou a ganhar vida quando Fabio Borini os colocou na frente, logo aos dez minutos. O City, que ergueu esta taça pela última vez em 1976, empatou aos 55 minutos, num excelente remate de longe de Yaya Touré e, instantes depois, adiantou-se no marcador graças a um bom pontapé de Samir Nasri, antes de Jesús Navas, já perto do fim, fazer o resultado final.

Quando Vito Mannone defendeu para canto o remate de Sergio Agüero, tudo indicava que o Sunderland, a lutar para não descer na Premier League, iria ter uma tarde de muito trabalho. Contudo, foi o City quem teve de sofrer, pois Borini, após receber na perfeição um passe longo, livrou-se de Vincent Kompany e, já na área, descaído para o lado direito, rematou colocado com a parte de fora do pé.

Apenas a excelente intervenção de Kompany impediu o italiano de fazer o segundo tento, numa fase em que o City tinha muitos problemas para parar o conjunto de Gus Poyet. Só que depois do intervalo os “citizens” voltaram com outro ânimo. Mannone nada pôde fazer no disparo em arco ao ângulo de Touré a 25 metros da baliza e, imediatamente a seguir, quando Nasri consumou a reviravolta num remate à entrada da área.

O Sunderland tudo fez para chegar ao empate, mas seria Navas a marcar o terceiro, já perto dos 90, dando assim o primeiro troféu a Manuel Pellegrini como treinador do City.