Última actualização 22/09/2019 03:42CET
worldcup: Escócia - Eslováquia Dossiers de imprensa

Qualificação europeia - Época 2016/18Dossiers de imprensa

EscóciaEscóciaHampden Park - GlasgowQuinta-feira, 5 de Outubro de 2017
20.45CET (19.45 Hora local)
Grupo F - Jornada 9
EslováquiaEslováquia
ImprimirX
Imprimir todas as secções
Escolher uma secção
PATROCINADORES OFICIAIS DO APURAMENTO
  • Carlsberg
  • Continental
  • Hisense
  • Konami
  • Socar
  • Turkish Airlines
  • Wurth
  • Adidas
/insideuefa/mediaservices/presskits/worldcup/season=2018/round=2000717/day=9/session=1/match=2017748/library/_sidebar.html
?chapters=4

Treinadores Apenas esta secção

Gordon Strachan

Data de nascimento: 9 de Fevereiro de 1957
Nacionalidade: Escocesa
Carreira como jogador: Dundee FC, Aberdeen FC, Manchester United FC, Leeds United AFC, Coventry City FC
Carreira como treinador: Coventry City FC, Southampton FC, Celtic FC, Middlesbrough FC, Escócia

• Médio enérgico e talentoso, Gordon Strachan foi 50 vezes internacional pela Escócia e ajudou o Aberdeen FC a conquistar a Taça dos Vencedores das Taças sob a orientação de Alex Ferguson.

• Começou o percurso de treinador quando ainda jogava no Coventry City FC, do principal escalão de Inglaterra, em Novembro de 1996. Ajudou o clube a evitar a despromoção antes de terminar a carreira de jogador aos 40 anos para se concentrar na de técnico, tendo conseguido manter o clube na Premier League anté 2001.

• Apesar de demitido no início da temporada seguinte, passou a orientar o Southampton FC, o qual levou ao oitavo posto em 2002/03 e à final da Taça de Inglaterra de 2003, perdida por 1-0 frente ao Arsenal FC. Strachan anunciou no começo da campanha seguinte que iria abandonar o clube no final dessa temporada, devido a motivos pessoais e deixou o cargo em Março de 2004 para se concentrar em trabalhar na comunicação social.

• Escolhido para suceder a Martin O'Neill no Celtic FC no Verão de 2005, Strachan sagrou-se campeão da Escócia em tempo recorde e venceu também a Taça da Liga escocesa na época de estreia. Em 2006/07, o Celtic conquistou o campeonato e a Taça da Escócia, tendo ainda ultrapassado pela primeira vez a fase de grupos da UEFA Champions League, sendo eliminado no prolongamento dos oitavos-de-final pelo AC Milan, mais tarde campeão europeu.

• Voltou a levar o clube de Glasgow aos oitavos-de-final em 2007/08, desta vez caindo frente ao FC Barcelona, numa época em que a recuperação na ponta final do campeonato fez o Celtic ultrapassar o Rangers FC e revalidade o título.

• Deixou o Celtic em 2009 depois de falhar a renovação do título escocês e assumiu o comando do Middlesbrough em Outubro desse ano, mas não conseguiu levar o clube a subir de divisão. Abandonou o cargo após o mau arranque de época de 2010/11.

• Nomeado seleccionador em Janeiro de 2013, ajudou a renovar a selecção da Escócia vencedora dos dois jogos ante a Croácia na qualificação para o Mundial 2014. Ainda assim, insuficiente para marcar presença no Brasil.

https://pt.uefa.comhttp://pt.uefa.com/european-qualifiers/news/newsid=453139.html#gordon+strachan

2018-08-28T17:12:25:672

Ján Kozák

Data de nascimento: 17 de Abril de 1954
Nacionalidade: Eslovaca
Carreira como jogador: LB Spišská Nová Ves, Lokomotíva Košice (três vezes), RFC Seraing, FK Dukla Praha
Carreira como treinador: Lokomotíva Košice, MFK Zemplín Michalovce, FC Steel Trans Ličartovce, 1. FC Košice, Eslováquia

• Médio criativo, Kozák passou grande parte da sua carreira de treinador ao serviço do Lokomotíva Košice, uma equipa local que representou em três ocasiões distintas. Regressou pela primeira vez em 1982, após cumprir o serviço militar em Praga, onde alinhou pelo Dukla.

• Membro da selecção checoslovaca que foi terceira classificada no Campeonato da Europa de 1980, batendo a Itália no jogo de atribuição do terceiro e quarto lugar, por 9-8, após o desempate por penalties, marcou nove golos em 55 internacionalizações. Kozák também foi convocado para o Campeonato do Mundo de 1982, na Espanha, mas não jogou devido a lesão.

• Ganhou a Taça da Checoslováquia três vezes e o campeonato, em 1982, com a camisola do Dukla, antes de terminar a carreira em 1990. Iniciou a carreira de treinador vários anos depois mas teve sucesso imediato, conduzindo o Košice à conquista de títulos consecutivos (1997 e 1998) e à fase de grupos da edição 1997/98 da UEFA Champions League onde, como primeiro representante eslovaco numa fase de grupos, perdeu os seis jogos num grupo que contava com Feyenoord, Juventus e Manchester United FC.

• Deixou o Košice em 1998, mas regressou ao anterior clube em 2005 e 2012. Saiu no Verão de 2013, sucedendo a Stanislav Griga e Michal Hipp como treinador da Eslováquia, num contrato de dois anos. Guiou a selecção até à fase final do UEFA EURO 2016, ao terminar no segundo posto do Grupo C, atrás da Espanha. Na fase final de França chegou aos oitavos-de-final.

• O seu filho, Ján Kozák Jr, disputou a fase de grupos da edição 2005/06 da UEFA Champions League ao serviço do MFK Petržalka, empatando e assistindo para o golo da vitória numa famosa reviravolta por 3-2 frente ao FC Porto. O seu neto, Filip Lesniak, representa o Tottenham Hotspur FC desde 2012.

https://pt.uefa.comhttp://pt.uefa.com/european-qualifiers/news/newsid=2051468.html#jan+kozak

2018-08-28T17:12:25:672

Legenda

Competições

Clubes
  • UCL: Liga dos Campeões
  • ECCC: Taça dos Clubes Campeões Europeus
  • UEL: UEFA Europa League
  • UCUP: Taça UEFA
  • UCWC: Taça dos Vencedores de Taças
  • SCUP: SuperTaça Europeia
  • UIC: Taça Intertoto
  • ICF: Taça das Cidades com Feira
Selecções
  • EURO: Campeonato Europeu da UEFA
  • Mundial: Campeonato do Mundo
  • CONFCUP: Taça das Confederações da FIFA
  • Part: Encontros particulares
  • Part U21: Jogos particulares Sub-21
  • U21: Campeonato da Europa de Sub-21
  • SUB17: Europeu de Sub-17
  • SUB16: Europeu de Sub-16
  • SUB19: Europeu de Sub-19
  • SUB18: Europeu de Sub-18
  • WWC: FIFA Women's World Cup
  • EUROFEM: Campeonato da Europa Feminino

Outras abreviaturas

  • (a.p.): Após prolongamento
  • pen: Grandes penalidades
  • Nr: Número
  • ag: Autogolo
  • ag: Jogo decidido por golos marcados fora
  • P: Penalty
  • tot: Resultado das duas mãos
  • J: Jogos disputados
  • J: Jogos
  • Pos.: Posição
  • Comp.: Competição
  • Pts: Pontos
  • E: Empates
  • V: Expulso (cartão vermelho directo)
  • DN: Data de nascimento
  • Res: Resultado
  • Prolong.: Prolongamento
  • gp: Jogo decidido através do "Golo de Prata"
  • GS: Golos sofridos
  • c: Jogo decidido por moeda ao ar
  • GM: Golos marcados
  • V: Vitórias
  • go: Jogo decidido através do "golo de ouro"
  • CA: Cartão amarelo
  • D: Derrotas
  • DA: Expulso (duplo cartão amarelo)
  • Nac.: Nacionalidade
  • N/A: Não se aplica

Estatísticas

  • -: Indica um jogador substituído
  • +: Indica um jogador recém-entrado
  • *: Indica um jogador expulso
  • +/-: Indica um jogador recém-entrado e substituído

Plantel

  • D: Informação disciplinar
  • *: Falha jogo seguinte se admoestado
  • S: Suspenso
  • Cláusula de desresponsabilização: Apesar de a UEFA ter o máximo cuidado com a informação contida neste documento na altura da sua publicação, nenhuma representação ou garantia (incluindo responsabilidade de terceiros), expressa ou implícita, é feita em relação à exactidão e fiabilidade do mesmo. Como tal, a UEFA não assume qualquer responsabilidade pela utilização ou interpretação da informação nele contida. Mais informação sobre o regulamento das competições poderá ser encontrada no UEFA.com.