Última actualização 18/09/2019 04:50CET
worldcup: República Checa - San Marino Dossiers de imprensa

Qualificação europeia - Época 2016/18Dossiers de imprensa

Rep. ChecaRepública ChecaPlzeň City Stadium - PlzeňDomingo, 8 de Outubro de 2017
20.45CET (20.45 Hora local)
Grupo C - Jornada 10
San MarinoSan Marino
ImprimirX
Imprimir todas as secções
Escolher uma secção
PATROCINADORES OFICIAIS DO APURAMENTO
  • Carlsberg
  • Continental
  • Hisense
  • Konami
  • Socar
  • Turkish Airlines
  • Wurth
  • Adidas
/insideuefa/mediaservices/presskits/worldcup/season=2018/round=2000717/day=10/session=1/match=2017716/library/_sidebar.html
?chapters=4

Treinadores Apenas esta secção

Karel Jarolím

Data de Nascimento: 23 de Agosto de 1956
Nacionalidade : Checo
Careira como jogador: AFP Pardubice, SK Slavia Praha (três vezes), AC Dukla Praha, Dukla Tábor, FC Rouen, Amiens SC, FC Viktoria Žižkov, Benešov, CU Bohemians Praha, Česká Lípa
Carreira como treinador: FK Marila Příbram, SK Slavia Praha (três vezes), RC Strasbourg, 1. FC Slovácko, ŠK Slovan Bratislava, Al-Ahli, Al-Wahda SCC, FK Mladá Boleslav, República Checa

• Karel Jarolím tem o SK Slavia Praha a correr nas suas veias. Quando jogava no clube, nos anos 80, era um talentoso “playmaker” com grande capacidade de passe e enorme vitalidade. Depois de uma passagem por França, regressou nos anos 90 e agora está a comandar o Slávia, equipa que vai efectuar a sua primeira participação da UEFA Champions League, depois de afastar, de forma surpreendente, na terceira pré-eliminatória o AFC Ajax. O Slávia contratou Jarolím com 20 anos em 1977, ao AFP Pardubice, mas o médio apenas venceu um título com a camisola dos rivais do AC Dukla Praha, em 1979, durante o seu serviço militar.

• Apontou dois golos nas 13 participações que fez pela Checoslováquia, rumando a seguir a França, onde, durante quatro temporadas, alinhou no FC Rouen e no Amiens SC. Jarolím regressou a casa em 1991 e continuou a jogar na primeira divisão até aos 39 anos, terminando a carreira com 272 presenças no campeonato e 63 golos.

• Como treinador, começou no FK Marila Příbram, em 1997, regressando ao Slávia em 2000, como adjunto de František Cipro. Substitui-o como treinador principal após o décimo encontro da liga e levou o Slávia ao segundo lugar, mas o seu contrato não foi renovado e assim regressou a França, onde se tornou adjunto de Ivan Hašek no RC Strasbourg, ajudando o clube a subir de divisão.

• Um ano depois regressou à República Checa para treinar o 1. FC Slovácko, voltando a vincular-se ao Slávia em Abril de 2005, tendo vencido o campeonato em 2008 e 2009. Guiou o Slovan à dobradinha doméstica em 2011 antes de uma experiência na Arábia Saudita, no Al-Ahli, clube que levou à final da Champions League asiática em 2012.

• Jarolím, cujos filhos David e Luká se tornaram jogadores profissionais, regressou ao Mladá Boleslav em Janeiro de 2014, tendo vencido a Taça checa dois anos depois. Foi nomeado seleccionador da República Checa após o UEFA EURO 2016.

http://pt.uefa.comhttp://pt.uefa.com/european-qualifiers/news/newsid=582590.html#karel+jarolim

2017-10-7T02:24:35:823

Pierangelo Manzaroli

Data de nascimento: 25 de Março de 1969
Nacionalidade: San Marino
Carreira como jogador: SS Cosmos, SP Cailungo, San Marino Calcio, SS Pennarossa
Carreira como treinador: SS Pennarossa, AC Libertas, San Marino Sub-15, San Marino Sub-21, San Marino

• Após ter iniciado a carreira no campeonato local, o médio teve uma passagem de dois anos proveitosa pelo San Marino Calcio, na quarta divisão italiana, antes de regressar ao país-natal para representar o Pennarossa, onde começou a trabalhar como treinador em 2006/07, levando a equipa à conquista do campeonato na sua época de estreia.

• Internacional por San Marino em 38 ocasiões, entre 1991 e 2001, Manzaroli deixou o Pennarossa no final da época 2006/07 para rumar ao AC Libertas, e liderou a sua equipa a um histórico empate a um frente aos irlandeses do Drogheda United FC, numa partida da Taça UEFA em 2007/08.

• Depois, Manzaroli alcançou mais um feito digno de registo quando orientou uma equipa de San Marino na ronda preliminar da edição 2008/09 da Taça das Regiões, antes de ser nomeado treinador da selecção Sub-21, em 2010.

• Dirigiu a selecção Sub-21 que somou alguns resultados surpreendentes na fase de qualificação para o Campeonato da Europa Sub-21 – entre eles um empate com a Grécia (edição de 2013), em Junho de 2012, e uma vitória por 1-0 sobre o País de Gales (edição de 2015), em Setembro de 2013 – antes de ser escolhido para substituir Giampaolo Mazza, treinador de longa data da selecção principal, em 2014.

http://pt.uefa.comhttp://pt.uefa.com/european-qualifiers/news/newsid=2057161.html#pierangelo+manzaroli

2017-10-7T02:24:35:823

Legenda

Competições

Clubes
  • UCL: Liga dos Campeões
  • ECCC: Taça dos Clubes Campeões Europeus
  • UEL: UEFA Europa League
  • UCUP: Taça UEFA
  • UCWC: Taça dos Vencedores de Taças
  • SCUP: SuperTaça Europeia
  • UIC: Taça Intertoto
  • ICF: Taça das Cidades com Feira
Selecções
  • EURO: Campeonato Europeu da UEFA
  • Mundial: Campeonato do Mundo
  • CONFCUP: Taça das Confederações da FIFA
  • Part: Encontros particulares
  • Part U21: Jogos particulares Sub-21
  • U21: Campeonato da Europa de Sub-21
  • SUB17: Europeu de Sub-17
  • SUB16: Europeu de Sub-16
  • SUB19: Europeu de Sub-19
  • SUB18: Europeu de Sub-18
  • WWC: FIFA Women's World Cup
  • EUROFEM: Campeonato da Europa Feminino

Outras abreviaturas

  • (a.p.): Após prolongamento
  • pen: Grandes penalidades
  • Nr: Número
  • ag: Autogolo
  • ag: Jogo decidido por golos marcados fora
  • P: Penalty
  • tot: Resultado das duas mãos
  • J: Jogos disputados
  • J: Jogos
  • Pos.: Posição
  • Comp.: Competição
  • Pts: Pontos
  • E: Empates
  • V: Expulso (cartão vermelho directo)
  • DN: Data de nascimento
  • Res: Resultado
  • Prolong.: Prolongamento
  • gp: Jogo decidido através do "Golo de Prata"
  • GS: Golos sofridos
  • c: Jogo decidido por moeda ao ar
  • GM: Golos marcados
  • V: Vitórias
  • go: Jogo decidido através do "golo de ouro"
  • CA: Cartão amarelo
  • D: Derrotas
  • DA: Expulso (duplo cartão amarelo)
  • Nac.: Nacionalidade
  • N/A: Não se aplica

Estatísticas

  • -: Indica um jogador substituído
  • +: Indica um jogador recém-entrado
  • *: Indica um jogador expulso
  • +/-: Indica um jogador recém-entrado e substituído

Plantel

  • D: Informação disciplinar
  • *: Falha jogo seguinte se admoestado
  • S: Suspenso
  • Cláusula de desresponsabilização: Apesar de a UEFA ter o máximo cuidado com a informação contida neste documento na altura da sua publicação, nenhuma representação ou garantia (incluindo responsabilidade de terceiros), expressa ou implícita, é feita em relação à exactidão e fiabilidade do mesmo. Como tal, a UEFA não assume qualquer responsabilidade pela utilização ou interpretação da informação nele contida. Mais informação sobre o regulamento das competições poderá ser encontrada no UEFA.com.