Última actualização 04/02/2021 17:15CET
UEFA EURO: Dinamarca - Finlândia Dossiers de imprensa

UEFA EURO - Época 2019/21Dossiers de imprensa

DinamarcaDinamarcaParken Stadium - Copenhagasábado, 12 de Junho de 2021
18.00CET (18.00 Hora local)
Grupo B - Jornada 1
FinlândiaFinlândia
ImprimirX
Imprimir todas as secções
Escolher uma secção
Parceiros oficiais do UEFA EURO 2020
  • Alipay
  • Booking.com
  • Coca-Cola
  • FedEx
  • Heineken
  • Hisense
  • Socar
  • Takeaway
  • TikTok
  • Vivo
  • Volkswagen
/insideuefa/mediaservices/presskits/uefaeuro/season=2020/round=2001024/day=1/session=2/match=2024449/library/_sidebar.html

Retrospectiva Apenas esta secção

A Dinamarca vai tentar tirar partido de começar em casa a campanha no UEFA EURO 2020 quando receber a Finlândia, em Copenhaga, mas os vizinhos nórdicos também estão motivados pela estreia numa grande fase final.

• O jogo de arranque do Grupo B assinala a nona participação da Dinamarca num EURO, com destaque para o triunfo em 1992, enquanto a Finlândia estreia-se num Campeonato da Europa na edição de 2020.

• A Dinamarca esteve pela última vez numa fase final em 2012 e os resultados anteriores frente aos finlandeses justificam algum optimismo para o duelo no Parken Stadium.

Confrontos anteriores
• Este é o primeiro duelo entre os dois países desde um encontro particular em Esbjerg a 15 de Novembro de 2011. Aleksei Eremenko deu uma surpreendente vantagem aos visitantes, treinador por Mixu Paatelainen, aos 17 minutos, mas a Dinamarca de Morten Olsen respondeu no segundo tempo, com dois golos em três minutos antes da hora de jogo. Daniel Agger e Nicklas Bendtner garantiram o triunfo por 2-1.

• Este resultado deixou os dinamarqueses com apenas uma derrota nos últimos 22 jogos frente à Finlândia (15V 6E). Um desaire que aconteceu em Fevereiro de 2000, num particular na cidade espanhola de La Manga, com Vesa Vasara a bisar no triunfo dos finlandeses por 2-1, incluindo o golo da vitória aos 89 minutos.

• Essa sequência de 22 jogos também inclui os duelos anteriores entre os dois países no EURO. A Dinamarca venceu por 1-0, em casa e fora, graças aos golos de Jens Jørn Bertelsen e Jan Mølby, respectivamente, e conseguiu a qualificação para a edição de 1988.

• A Finlândia não ganha na Dinamarca desde o triunfo por 2-0 num encontro particular em Setembro de 1949, foi o segundo triunfo no terreno dos vizinhos, o outro tinha sido em Outubro de 1931 (3-2).

• O registo da Dinamarca em casa com a Finlândia desde a derrota de 1949 é de 18V 3E.

• O registo total da Finlândia em Copenhaga é de 2V 3E 22D. A última visita, em Agosto de 2003, terminou com 1-1 no marcador. Jesper Grønkjær colocou os anfitriões em vantagem aos 42 minutos, mas Aki Riihilahti empatou para a Finlândia a dois minutos do final.

• Foi apenas o segundo jogo entre os dois países Parken Stadium, após o triunfo da Dinamarca por 2-1 num encontro particular realizado em Agosto de 1994. Brian Laudrup e Morten Wieghorst marcaram no segundo tempo, depois de Kim Suominen ter colocado a Finlândia em vantagem cinco minutos antes do intervalo.

Factos do EURO: Dinamarca
• Esta é a nona participação da Dinamarca no Campeonato da Europa da UEFA, mas apenas a segunda nas últimas quatro edições. Os nórdicos caíram na fase de grupos do UEFA EURO 2012, depois de terem sido terceiros no grupo, atrás da Alemanha e Portugal, com três pontos em três jogos.

• Os dinamarqueses foram batidos pelos vizinhos suecos no "play-off" de qualificação para o UEFA EURO 2016 com um total de 4-3 (1-2 f, 2-2 c).

• A Dinamarca venceu o EURO '92, foi quarta classificada em 1964 e chegou às meias-finais em 1984. A última vez que ultrapassou a fase de grupos foi em 2004, não evitando o triunfo por 3-0 pela República Checa nos quartos-de-final.

• A Dinamarca chegou à primeira jornada numa série de duas derrotas consecutivas em fases finais do EURO e com três desaires em quatro jogos. Os dinamarqueses somaram apenas duas vitórias em dez jogos em fases finais do EURO (2E 6D).

• Os dinamarqueses garantiram a presença no UEFA EURO 2020 graças ao segundo lugar no Grupo D, atrás da Suíça, apesar de não terem perdido nenhum dos oito jogos (4V 4E). Confirmaram a qualificação ao empatarem 1-1 com a República da Irlanda no último jogo.

• A Dinamarca é uma das cinco equipas que se qualificaram para o UEFA EURO 2020 sem derrotas, a par de Bélgica e Itália - que venceram todos os jogos – e de Espanha e Ucrânia. Foram a única das cinco selecções que não venceu o grupo.

• Åge Hareide, que conduziu a equipa ao sucesso na qualificação, foi substituído por Kasper Hjulmand na sequência do adiamento do UEFA EURO 2020. Já estava previsto que o antigo treinador do Nordsjælland substituísse Hareide depois da prova.

• O registo da Dinamarca em Copenhaga é de 139V 60E 70D. No Parken Stadium é de 61V 25E 18D, tendo perdido apenas um jogo nos últimos 11 (6V 4E), desde o desaire por 1-0 com a Bélgica a 5 de Setembro de 2020.

Factos do EURO: Finlândia
• A Finlândia está a fazer a estreia no Campeonato da Europa da UEFA. O mais próximo que tinha estado da fase final foi antes do UEFA EURO 2008, quando não conseguiu derrotar Portugal no último jogo da qualificação permitindo que a equipa da casa se apurasse com um 0-0 no Porto.

• A Finlândia é o 34º país a qualificar-se para o EURO.

• Os finlandeses nunca se qualificaram para um Campeonato do Mundo, pelo que estão a fazer a estreia em grandes competições. É uma das duas selecções que fará a sua primeira aparição no UEFA EURO 2020, juntamente com a Macedónia do Norte no Grupo C.

• A equipa de Markku Kanerva venceu seis dos dez jogos na qualificação para o UEFA EURO 2020 (4D) e terminou em segundo no Grupo J atrás da Itália.

• Teemu Pukki marcou dez dos 16 golos da Finlândia na qualificação e fez ainda uma assistência, pelo que esteve envolvido em 68,75 por cento dos golos na qualificação.

Ligações e curiosidades
• Jogaram juntos:
Jesper Hansen e Tim Sparv (Midtjylland 2017–20)
Andreas Bjelland, Peter Ankersen, Robert Skov e Jesse Joronen (Copenhaga 2018/19)
Frederik Rønnow, Christian Nørgaard e Teemu Pukki (Brøndby 2015–18)
Frederik Rønnow e Paulus Arajuuri (Brøndby 2017–18)
Joachim Andersen e Fredrik Jensen (Twente 2017)
Christian Nørgaard e Lukáš Hrádecký (Brøndby 2013–15)
Jonas Knudsen, Martin Braithwaite e Lukáš Hrádecký (Esbjerg 2009–13)
Peter Ankersen e Lukáš Hrádecký (Esbjerg 2009/10, 2012/13)

• Jogaram na Dinamarca:
Tim Sparv (Midtjylland 2014–20)
Pyry Soiri Esbjerg 2019–)
Joni Kauko (Randers 2016–18, Esbjerg 2018–)
Jesse Joronen (Horsens 2017/18, Copenhaga 2018/19)
Lukáš Hrádecký (Esbjerg 2009–13, Brøndby 2013–15)
Paulus Arajuuri (Brøndby 2017–19)
Teemu Pukki (Brøndby 2014–18)
Juhani Ojala (Vejle 2019–) 

• Robert Skov marcou o único golo do triunfo do Copenhaga, por 1-0, sobre os finlandeses do KuPS na primeira mão da primeira pré-eliminatória da UEFA Europa League em 12 de Julho de 2018.

• Antti Niemi, actual treinador de guarda-redes da Finlândia, jogou pelo Copenhaga entre 1995 e 1997.

https://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2020/matches/round=2001024/match=2024449/prematch/background/index.html#factos+dinamarca+finlandia

2021-02-2T09:35:39:921

Factos e números das equipas Apenas esta secção

Recordes no Campeonato da Europa da UEFA: Dinamarca

História
2016 – não se qualificou
2012 – fase de grupos
2008 – não se qualificou
2004 – quartos-de-final
2000 – fase de grupos
1996 – fase de grupos
1992 – vencedora
1988 – fase de grupos
1984 – meias-finais
1980 – não se qualificou
1976 – não se qualificou
1972 – não se qualificou
1968 – não se qualificou
1964 – quarto lugar
1960 – oitavos-de-final

Vitória na fase final
5-0: Dinamarca - Jugoslávia, 16/06/84

Derrota na fase final
3-0: cinco vezes, mais recentemente República Checa - Dinamarca, 27/06/04

Vitória na qualificação
6-0: Dinamarca - Luxemburgo, 12/10/83
0-6: Gibraltar - Dinamarca, 05/09/19
6-0: Dinamarca - Gibraltar, 15/11/19

Derrota na qualificação
6-0: Hungria - Dinamarca, 21/09/66

Jogos na fase final
13:
Peter Schmeichel
10: Michael Laudrup
10: John Sivebæk
9: Thomas Helveg

Golos na fase final
3: Frank Arnesen
3: Henrik Larsen
3: Brian Laudrup
3: Jon Dahl Tomasson
2: Preben Elkjær
2: Nicklas Bendtner
2: Michael Krohn-Dehli

Total de jogos
39: Peter Schmeichel 
33: Dennis Rommedahl 
32: Thomas Helveg 
31: Martin Jørgensen 
31: Morten Olsen 
31: Jon Dahl Tomasson 
29: Michael Laudrup 
29: Thomas Sørensen 
28: Simon Kjær 
27: Nicklas Bendtner 
27: Christian Eriksen

Total de golos
22: Jon Dahl Tomasson
11: Ole Madsen
10: Preben Elkjær
10: Michael Laudrup
9: Nicklas Bendtner
9: Dennis Rommedahl
7: Kim Vilfort

https://pt.uefa.com/uefaeuro-2020/news/newsid=1805874.html#recordes+campeonato+europa+dinamarca

2021-02-2T10:46:53:296

Recordes no Campeonato da Europa da UEFA: Finlândia

História
2016 – não se qualificou
2012 – não se qualificou
2008 – não se qualificou
2004 – não se qualificou
2000 – não se qualificou
1996 – não se qualificou
1992 – não se qualificou
1988 – não se qualificou
1984 – não se qualificou
1980 – não se qualificou
1976 – não se qualificou
1972 – não se qualificou
1968 – não se qualificou
1964 – não participou
1960 – não participou

Vitória na qualificação
8-0:
Finlândia - San Marino, 17/11/10

Derrota na qualificação
8-1:
Grécia - Finlândia, 11/10/78

Total de jogos
38: Jari Litmanen
33: Sami Hyypiä
29: Joonas Kolkka
28: Jonathan Johansson
27: Petri Pasanen
26: Mikael Forssell
24: Mika Väyrynen
23: Teemu Pukki
23: Hannu Tihinen
22: Ari Hjelm
22: Mixu Paatelainen
22: Joona Toivio

Total de golos
10: Mikael Forssell 
10: Jari Litmanen 
10: Mixu Paatelainen 
10: Teemu Pukki 
5: Jonatan Johansson 
4: Kasper Hämäläinen 
4: Ari Hjelm 
4: Sami Hyypiä 
4: Atik Ismail 
4: Joonas Kolkka 
4: Joel Pohjanpalo

https://pt.uefa.com/uefaeuro-2020/news/newsid=2048360.html#recordes+campeonato+europa+finlandia

2021-02-2T10:46:53:296

Legenda

:: Encontros anteriores

Golos marcados/sofridos: O total de golos inclui o resultado de decisões disciplinares (por exemplo: derrota num jogo quando é determinado resultado de 3-0). O total de golos não inclui os marcados durante desempates por grandes penalidades após um jogo ter terminado empatado.

:: Plantel

Qual.: Total de jogos/golos apenas na Qualificação Europeia para o UEFA EURO 2020.
FF: Total de jogos/golos apenas na fase final do UEFA EURO 2020.
Global: Total de jogos/golos na selecção.
DN: Data de nascimento
Idade: Baseada na data da última actualização do dossier de imprensa
D: Informação disciplinar (*: falha jogo seguinte se admoestado, S: Suspenso)

:: Factos das equipas

Fase final do EURO: O Campeonato da Europa foi disputado por quatro equipas em 1960, 1964, 1968, 1972 e 1976 (quando a ronda preliminar e os quartos-de-final eram considerados parte da qualificação).

A partir de 1980 a prova expandiu-se para uma fase final com oito equipas, num formato mantido em 1984, 1988 e 1992, antes de ser aumentar para 16 equipas em 1996. O UEFA EURO 2016 foi o primeiro torneio a ser disputado com 24 equipas na fase final.

Fase de qualificação para o Campeonato do Mundo: A secção dedicada aos factos da equipa exibe todos os países participantes na história do EURO e do Mundial. No entanto, por favor tenha em conta que Israel (de 1950 a 1994) e o Cazaquistão (de 1998 a 2002) participaram na fase de qualificação do Mundial sem serem membros da UEFA.

Registos de países inactivos
Várias federações-membro da UEFA foram afectadas pela dissolução ou divisão de federações-membro. Para efeitos estatísticos, os registos destes países inactivos foram alocados a outras federações: dessa forma, todos os jogos da União Soviética são atribuídos à Rússia; todos os jogos da República Federal da Alemanha – embora não os da República Democrática da Alemanha – são atribuídos à Alemanha; todos os jogos da Jugoslávia e da Sérvia e Montenegro são atribuídos à Sérvia; todos os jogos da Checoslováquia são atribuídos tanto à República Checa como à Eslováquia.

Jogos interrompidos/anulados
Para efeitos estatísticos, quando um jogo começou e depois foi abandonado e mais tarde anulado conta-se o resultado que se verificava na altura em que foi interrompido. Jogos que nunca tenham chegado a começar e foram cancelados ou anulados não são incluídos nas estatísticas gerais.

Competições

Outras abreviaturas

  • (a.p.): Após prolongamento
  • pen: Grandes penalidades
  • Nr: Número
  • ag: Autogolo
  • ag: Jogo decidido por golos marcados fora
  • P: Penalty
  • tot: Resultado das duas mãos
  • J: Jogos disputados
  • J: Jogos
  • Pos.: Posição
  • Comp.: Competição
  • Pts: Pontos
  • E: Empates
  • V: Expulso (cartão vermelho directo)
  • DN: Data de nascimento
  • Res: Resultado
  • Prolong.: Prolongamento
  • gp: Jogo decidido através do "Golo de Prata"
  • GS: Golos sofridos
  • c: Jogo decidido por moeda ao ar
  • GM: Golos marcados
  • V: Vitórias
  • go: Jogo decidido através do "golo de ouro"
  • CA: Cartão amarelo
  • D: Derrotas
  • DA: Expulso (duplo cartão amarelo)
  • Nac.: Nacionalidade
  • N/A: Não se aplica
  • Cláusula de desresponsabilização: Apesar de a UEFA ter o máximo cuidado com a informação contida neste documento na altura da sua publicação, nenhuma representação ou garantia (incluindo responsabilidade de terceiros), expressa ou implícita, é feita em relação à exactidão e fiabilidade do mesmo. Como tal, a UEFA não assume qualquer responsabilidade pela utilização ou interpretação da informação nele contida. Mais informação sobre o regulamento das competições poderá ser encontrada no UEFA.com.