Última actualização 10/02/2021 17:52CET
UEFA EURO: Turquia - Itália Dossiers de imprensa

UEFA EURO - Época 2019/21Dossiers de imprensa

TurquiaTurquiaStadio Olimpico - Romasexta-feira, 11 de Junho de 2021
21.00CET (21.00 Hora local)
Grupo A - Jornada 1
ItáliaItália
ImprimirX
Imprimir todas as secções
Escolher uma secção
Parceiros oficiais do UEFA EURO 2020
  • Alipay
  • Booking.com
  • Coca-Cola
  • FedEx
  • Heineken
  • Hisense
  • Socar
  • Takeaway
  • TikTok
  • Vivo
  • Volkswagen
/insideuefa/mediaservices/presskits/uefaeuro/season=2020/round=2001024/day=1/session=1/match=2024447/library/_sidebar.html

Retrospectiva Apenas esta secção

O UEFA EURO 2020 começa em Roma, onde a Itália  um dos 12 países anfitriões  defronta a Turquia na primeira jornada do Grupo A.

• Presente no mínimo nos quartos-de-final nas suas últimas três presenças no EURO, a Itália nunca perdeu com a Turquia nos dez encontros anteriores (V7 E3) e sofreu apenas uma derrota nos oito jogos de abertura disputados numa fase final do EURO desde 1980 (V3 E4)  3-0 contra os Países Baixos em 2008.

• A Turquia apurou-se para quatro fases finais do EURO e alcançou a fase a eliminar duas vezes  apesar de ter perdido o jogo de abertura em todas as quatro presenças em fases finais e de ter somado apenas um golo nesses encontros, precisamente contra a Itália, em 2000.

Confrontos anteriores
• Este é o segundo encontro das equipas num EURO. A Itália de Dino Zoff venceu por 2-1 o jogo de abertura do UEFA EURO 2000, graças aos golos de Antonio Conte  num espectacular pontapé de bicicleta  e Filippo Inzaghi, de penálti; Okan Buruk marcou pela selecção turca orientada por Mustafa Denizli. As duas formações seguiram em frente, com a Itália a perder a final com a França, enquanto a Turquia foi eliminada por Portugal nos quartos-de-final.

• O outro jogo para um EURO ocorreu na qualificação para a fase final da prova de 1964, com a Itália a vencer por 6-0 em casa  Alberto Orlando marcou quatro vezes, os seus únicos golos pela selecção e Gianni Rivera duas  e 1-0 fora.

• A Itália não sofreu golos nos cinco primeiros jogos contra a Turquia, mas sofreu um em cada um dos últimos cinco.

• Os dois encontros mais recentes entre ambos os conjuntos terminaram empatados 1-1 em solo italiano, o primeiro em Pescara, em Novembro de 2002  com a Turquia treinada pelo atual seleccionador, Şenol Güneş  e depois em Bérgamo, quatro anos depois, quando, após Antonio Di Natale ter marcado no minuto 39, Marco Materazzi empatou com um autogolo, três minutos depois.

• Emre Belözoğlu marcou o tento turco frente à Itália há 19 anos; aos 39 anos fez o seu jogo 100 pela selecção no encontro de apuramento para o UEFA EURO 2020 frente a Andorra, a 7 de Setembro de 2019.

• O seleccionador turco Şenol Güneş era o guarda-redes da Turquia que foi batida por 1-0 pela Itália num particular disputado em Florença, a 23 de Setembro de 1978; nenhuma das 36 aparições pelo seu país por parte do seleccionador da Itália Roberto Mancini foram contra a Turquia.

Factos do EURO: Turquia
• Esta é a quinta participação da Turquia no Campeonato da Europa da UEFA, tendo-se estreado em fases finais em 1996. Chegou aos quartos-de-final do UEFA EURO 2000 e às meias-finais do UEFA EURO 2008, mas não se apurou para os torneios de 2004 e 2012.

• Há cinco anos, a equipa de Fatih Terim foi terceira do seu grupo, atrás de Croácia e Espanha, não tendo atingido os oitavos-de-final apesar de ter terminado o seu grupo com uma vitória por 2-0 sobre a República Checa. Tal ocorreu devido às derrotas ante Croácia (0-1) e Espanha (0-3) – esta última igualando o registo da maior derrota da Turquia em fases finais do EURO.

• A meia-final de 2008 contra a Alemanha em Basileia, na Suíça – quando a Turquia perdeu 3-2 –, igualou o melhor registo internacional do país. A selecção turca orientada, como agora, por Şenol Güneş, foi medalha de bronze no Campeonato do Mundo da FIFA de 2002, depois de derrotar a co-anfitriã Coreia do Sul no jogo de atribuição do terceiro posto.

• A Turquia apurou-se para o UEFA EURO 2020 ao terminar em segundo no Grupo H, atrás da campeã mundial França, ao somar 23 pontos nas dez partidas realizadas. Quatro deles foram contra Les Bleus (2-0 c, 1-1 f), com o tento da França, no último encontro, a ser o único que a Turquia sofreu nos últimos seis jogos de qualificação.

• A equipa de Şenol Güneş sofreu apenas três golos na qualificação, o melhor registo defensivo, a par da Bélgica.

• Este é o segundo jogo da Turquia em Roma; o primeiro valeu o apuramento para o Mundial 1954, pois após o empate 2-2 no desempate com a Espanha, no Olímpico, a 17 de Março daquele ano, a Turquia seguiu em frente após sorteio.

Factos do EURO: Itália
• Este é a décima presença da Itália numa fase final do EURO e sétima consecutiva desde a edição de 1992, na Suécia. Apenas em duas vezes não conseguiu avançar para lá da fase de grupos  em 1996 e 2004.

• A Itália chegou aos quartos-de-final do UEFA EURO 2016, terminando em primeiro lugar o seu grupo, batendo a seguir a Espanha por 2-0 nos oitavos, caindo ante a Alemanha nos últimos oito, ao perder 6-5 nos penalties após um empate 1-1 no final do tempo regulamentar.

• A Itália triunfou em casa no Campeonato da Europa de 1968 e foi vice-campeã da Europa duas vezes  em 2000 e 2012.

• Desta feita, a equipa de Roberto Mancini venceu todas as dez partidas de qualificação e terminou em primeiro no Grupo J, aumentando o número de países que chegaram à fase final com um registo perfeito para oito, sendo que a Bélgica também o conseguiu na caminhada para o UEFA EURO 2020. Das seis anteriores formações que fizeram o pleno, apenas a Espanha (2012) venceria a prova.

• Uma vitória por 3-0 sobre a Bósnia e Herzegovina na penúltima jornada da qualificação foi a décima consecutiva da Itália em jogos internacionais, sendo a primeira vez na sua história que alcançou tal feito.

• Os Azzurri chegaram à 11ª vitória consecutiva com um triunfo em casa por 9-1 contra a Arménia no derradeiro jogo da qualificação, tendo sido a primeira vez que marcou nove tentos num jogo desde Agosto de 1948. Sete jogadores diferentes marcaram  outro recorde nacional.

• O registo da Itália em Roma é de V35 E18 D6, com três dessas derrotas a surgirem nos últimos seis jogos no Olímpico. Essas são as únicas derrotas dos Azzurri nos últimos 18 jogos em Roma (V13 E2); o último jogo ali disputado terminou com uma vitória por 2-0 sobre a Grécia, na qualificação para o UEFA EURO 2020, a 12 de Outubro de 2019. Os anfitriões estão invictos na capital em jogos do EURO e de Campeonatos do Mundo da FIFA; em fases finais, o registo da Itália em Roma é de V8 E2.

Ligações e curiosidades
• Mancini foi treinador do Galatasaray entre Setembro de 2013 e Junho de 2014, ganhando a Taça da Turquia na única época no comando do emblema turco. Burak Yılmaz foi o melhor marcador da equipa nessa temporada.

• Jogaram em Itália:
Merih Demiral (Sassuolo 2019, Juventus 2019–)
Hakan Çalhanoğlu (Milan 2017–)
Cengiz Ünder (Roma 2017–20)
Mert Çetin (Roma 2019–, Verona 2020/21, empréstimo)
Mert Müldür (Sassuolo 2019–)
Kaan Ayhan (Sassuolo 2020–) 

• Jogaram juntos:
Merih Demiral e Mattia Perin, Mattia De Sciglio, Giorgio Chiellini, Leonardo Bonucci, Federico Bernardeschi (Juventus 2019/20)
Merih Demiral e Stefano Sensi (Sassuolo 2019)
Cengiz Ünder e Leonardo Spinazzola (Roma 2019–)
Cengiz Ünder e Antonio Mirante, Bryan Cristante, Nicolò Zaniolo (Roma 2018–)
Cengiz Ünder e Alessandro Florenzi, Lorenzo Pellegrini (Roma 2017–)
Cengiz Ünder e Emerson (Roma 2017/18)
Cengiz Ünder e Luca Pellegrini, Gianluca Mancini (Roma 2019/20)
Cengiz Ünder e Stephan El Shaarawy (Roma 2017–19)
Mert Çetin e Leonardo Spinazzola, Antonio Mirante, Bryan Cristante, Nicolò Zaniolo, Alessandro Florenzi, Lorenzo Pellegrini (Roma 2019–)
Mert Çetin e Luca Pellegrini, Gianluca Mancini (Roma 2019/20)
Hakan Çalhanoğlu e Gianluigi Donnarumma, Alessio Romagnoli (Milan 2017–)
Hakan Çalhanoğlu e Leonardo Bonucci (Milan 2017/18)
Çağlar Söyüncü e Vincenzo Grifo (Freiburg 2016/17)
Cenk Tosun e Moise Kean (Everton 2019/20)

• O turco Yusuf Yazıcı apontou um "hat-trick" no jogo frente ao italiano Gianluigi Donnarumma na vitória do LOSC Lille sobre o AC Milan, por 3-0, em San Siro, num jogo da fase de grupos da UEFA Europa League, a 5 de Novembro de 2020; Alessio Romagnoli também actuou na defesa do Milan.

https://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2020/matches/round=2001024/match=2024447/prematch/background/index.html#factos+turquia+italia

2021-02-10T16:52:08:318

Factos e números das equipas Apenas esta secção

Recordes no Campeonato da Europa da UEFA: Turquia

História
2016 – fase de grupos
2012 – não se qualificou
2008 – meias-finais
2004 – não se qualificou
2000 – quartos-de-final
1996 – fase de grupos
1992 – não se qualificou
1988 – não se qualificou
1984 – não se qualificou
1980 – não se qualificou
1976 – não se qualificou
1972 – não se qualificou
1968 – não se qualificou
1964 – não se qualificou
1960 – não se qualificou

Vitória na fase final
2-0: duas vezes, mais recentemente frente à República Checa, 21/06/16

Derrota na fase final
3-0:
duas vezes, mais recentemente frente à Espanha, 17/06/16

Vitória na qualificação
5-0:
três vezes, mais recentemente frente à República da Moldávia, 11/10/06

Derrota na qualificação
8-0: Inglaterra - Turquia, 14/10/87

Jogos na fase final
9: Rüştü Reçber
8: Hakan Balta
7: Mehmet Topal
7: Hakan Şükür
7: Ogün Temizkanoğlu
7: Arif Erdem
7: Alpay Özalan

Golos na fase final
3: Semih Şentürk
2:
Hakan Şükür
2: Nihat Kahveci
2: Arda Turan
1: Okan Buruk
1: Uğur Boral
1: Ozan Tufan
1: Burak Yılmaz

Total de jogos
38:
 Hakan Şükür 
38: Rüştü Reçber 
33: Arda Turan 
31: Tugay Kerimoğlu 
30: Emre Belözoğlu 
30: Alpay Özalan 
26: Hamit Altıntop 
25: Ogün Temizkanoğlu 
24: Hakan Balta 
23: Burak Yılmaz 
23: Selçuk İnan

Total de golos
21: Hakan Şükür
9: Nihat Kahveci
9: Burak Yılmaz
8: Arda Turan
5: Arif Erdem
5: Tayfur Havutçu
5: Cenk Tosun 
4: Okan Buruk 
4: Hamit Altıntop 
4: Semih Şentürk

https://pt.uefa.com/uefaeuro-2020/news/newsid=2047387.html#recordes+campeonato+europa+turquia

2021-02-2T11:18:53:176

Recordes no Campeonato da Europa da UEFA: Itália

História
2016 – quartos-de-final
2012 – finalista vencida
2008 – quartos-de-final
2004 – fase de grupos
2000 – finalista vencida
1996 – fase de grupos
1992 – não se qualificou
1988 – meias-finais
1984 – não se qualificou
1980 – quarto lugar
1976 – não se qualificou
1972 – quartos-de-final
1968 – vencedora
1964 – oitavos-de-final
1960 – não participou

Vitória na fase final
2-0: oito vezes, mais recentemente frente à Espanha, 27/06/16

Derrota na fase final
4-0: 
Espanha - Itália, 01/07/12

Vitória na qualificação
9-0:  Itália - Arménia18/11/19

Derrota na qualificação
0-3: Itália - Suécia, 15/10/83

Jogos na fase final
17: Gianluigi Buffon
13:
Paolo Maldini
13: Alessandro Del Piero
13: Antonio Cassano
12: Daniele De Rossi
12: Giorgio Chiellini
11: Leonardo Bonucci
11: Gianluca Zambrotta
11: Andrea Pirlo

Golos na fase final
3: Mario Balotelli
3:
Antonio Cassano
2: Graziano Pellè
2: Pierluigi Casiraghi
2: Filippo Inzaghi
2: Andrea Pirlo
2: Francesco Totti

Total de jogos
58: Gianluigi Buffon
37: Andrea Pirlo
36: Leonardo Bonucci 
35: Fabio Cannavaro
35: Giorgio Chiellini 
33: Paolo Maldini
32: Alessandro Del Piero
31: Daniele De Rossi
28: Christian Panucci 
27: Giacinto Facchetti

Total de golos
14: Filippo Inzaghi
10: Luigi Riva
9: Alessandro Altobelli
9: Alessandro Del Piero
9: Antonio Cassano
7: Gianluca Vialli 
7: Gianfranco Zola 
6: Sandro Mazzola 
6: Christian Vieri

https://pt.uefa.com/uefaeuro-2020/news/newsid=2047796.html#recordes+campeonato+europa+italia

2021-02-2T11:18:53:176

Legenda

:: Encontros anteriores

Golos marcados/sofridos: O total de golos inclui o resultado de decisões disciplinares (por exemplo: derrota num jogo quando é determinado resultado de 3-0). O total de golos não inclui os marcados durante desempates por grandes penalidades após um jogo ter terminado empatado.

:: Plantel

Qual.: Total de jogos/golos apenas na Qualificação Europeia para o UEFA EURO 2020.
FF: Total de jogos/golos apenas na fase final do UEFA EURO 2020.
Global: Total de jogos/golos na selecção.
DN: Data de nascimento
Idade: Baseada na data da última actualização do dossier de imprensa
D: Informação disciplinar (*: falha jogo seguinte se admoestado, S: Suspenso)

:: Factos das equipas

Fase final do EURO: O Campeonato da Europa foi disputado por quatro equipas em 1960, 1964, 1968, 1972 e 1976 (quando a ronda preliminar e os quartos-de-final eram considerados parte da qualificação).

A partir de 1980 a prova expandiu-se para uma fase final com oito equipas, num formato mantido em 1984, 1988 e 1992, antes de ser aumentar para 16 equipas em 1996. O UEFA EURO 2016 foi o primeiro torneio a ser disputado com 24 equipas na fase final.

Fase de qualificação para o Campeonato do Mundo: A secção dedicada aos factos da equipa exibe todos os países participantes na história do EURO e do Mundial. No entanto, por favor tenha em conta que Israel (de 1950 a 1994) e o Cazaquistão (de 1998 a 2002) participaram na fase de qualificação do Mundial sem serem membros da UEFA.

Registos de países inactivos
Várias federações-membro da UEFA foram afectadas pela dissolução ou divisão de federações-membro. Para efeitos estatísticos, os registos destes países inactivos foram alocados a outras federações: dessa forma, todos os jogos da União Soviética são atribuídos à Rússia; todos os jogos da República Federal da Alemanha – embora não os da República Democrática da Alemanha – são atribuídos à Alemanha; todos os jogos da Jugoslávia e da Sérvia e Montenegro são atribuídos à Sérvia; todos os jogos da Checoslováquia são atribuídos tanto à República Checa como à Eslováquia.

Jogos interrompidos/anulados
Para efeitos estatísticos, quando um jogo começou e depois foi abandonado e mais tarde anulado conta-se o resultado que se verificava na altura em que foi interrompido. Jogos que nunca tenham chegado a começar e foram cancelados ou anulados não são incluídos nas estatísticas gerais.

Competições

Outras abreviaturas

  • (a.p.): Após prolongamento
  • pen: Grandes penalidades
  • Nr: Número
  • ag: Autogolo
  • ag: Jogo decidido por golos marcados fora
  • P: Penalty
  • tot: Resultado das duas mãos
  • J: Jogos disputados
  • J: Jogos
  • Pos.: Posição
  • Comp.: Competição
  • Pts: Pontos
  • E: Empates
  • V: Expulso (cartão vermelho directo)
  • DN: Data de nascimento
  • Res: Resultado
  • Prolong.: Prolongamento
  • gp: Jogo decidido através do "Golo de Prata"
  • GS: Golos sofridos
  • c: Jogo decidido por moeda ao ar
  • GM: Golos marcados
  • V: Vitórias
  • go: Jogo decidido através do "golo de ouro"
  • CA: Cartão amarelo
  • D: Derrotas
  • DA: Expulso (duplo cartão amarelo)
  • Nac.: Nacionalidade
  • N/A: Não se aplica
  • Cláusula de desresponsabilização: Apesar de a UEFA ter o máximo cuidado com a informação contida neste documento na altura da sua publicação, nenhuma representação ou garantia (incluindo responsabilidade de terceiros), expressa ou implícita, é feita em relação à exactidão e fiabilidade do mesmo. Como tal, a UEFA não assume qualquer responsabilidade pela utilização ou interpretação da informação nele contida. Mais informação sobre o regulamento das competições poderá ser encontrada no UEFA.com.