Última actualização 16/12/2019 01:31CET
UEFA EURO: Escócia - San Marino Dossiers de imprensa

Qualificação europeia - Época 2019/20Dossiers de imprensa

EscóciaEscóciaHampden Park - Glasgowdomingo, 13 de Outubro de 2019
18.00CET (17.00 Hora local)
Grupo I - Jornada 8
San MarinoSan Marino
ImprimirX
Imprimir todas as secções
Escolher uma secção
PATROCINADORES OFICIAIS DO APURAMENTO
  • Alipay
  • Booking.com
  • Hisense
  • Volkswagen
/insideuefa/mediaservices/presskits/european-qualifiers/season=2020/round=2001086/day=8/session=1/match=2026120/library/_sidebar.html
?chapters=3

Treinadores Apenas esta secção

Alex McLeish

Data de nascimento: 21 de Janeiro de 1959
Nacionalidade: Escocês
Carreira como jogador: Aberdeen, Motherwell
Carreira como treinador: Motherwell, Hibernian, Rangers, Escócia (duas vezes), Birmingham, Aston Villa, Nottingham Forest, Genk, Zamalek

• McLeish ganhou nome como defesa-central sólido ao serviço do célebre Aberdeen de Alex Ferguson que desafiou os gigantes de Glasgow na década de 1980, conquistando o título de campeão escocês em 1980, 1984 e 1985, títulos aos quais juntou quatro Taças da Escócia em cinco anos e um famoso triunfo por 2-1 sobre o Real Madrid na final da Taça dos Vencedores das Taças de 1983; de seguida conquistou também a SuperTaça, com uma vitória sobre o Hamburgo.
 
• Durante os 17 anos que passou no clube, 'Eck' somou ainda 77 internacionalizações pela Escócia, tendo alinhado nas fases finais do Campeonato do Mundo da FIFA de 1982, 1986 e 1990. Rumou ao Motherwell para desempenhar as funções de treinador-jogador em 1994 e teve sucesso imediato no clube, guiando-o a um inédito segundo lugar na Liga escocesa no seu primeiro ano ao leme.
 
• Saiu em 1998 para o Hibernian, onde viveu altos e baixos. Apontado em tempos como futuro número dois de Ferguson no Manchester United, o seu trabalho seguinte acabou por ser no comando técnico do Rangers, onde sucedeu a Dick Advocaat como treinador em Dezembro de 2001. Nos quatro anos e meio que esteve ao leme da turma de Glasgow conquistou dois títulos de campeão escocês, duas Taças da Escócia e três Taças da Liga escocesa, mas uma temporada de 2005/06 mais complicada levou à sua saída.

• Em Janeiro de 2007, McLeish foi escolhido para assumir o cargo de seleccionador da Escócia, substituindo no cargo Walter Smith. Ficaria em funções menos de um ano, contudo, saindo em Novembro para assumir o leme do Birmingham, onde permaneceu três temporadas e meio e onde conquistou a Taça da Liga inglesa em 2011; porém, acabou por não evitar a descida do escalão principal nessa mesma temporada. Surpreendentemente, deixou o clube para assumir o comando do rival Aston Villa, onde ficou apenas uma temporada.

• Breves passagens por Nottingham Forest, Genk, na Bélgica, e Zamalek, no Egípcio, antecederam o regresso ao cargo de seleccionador da Escócia, a 16 de Fevereiro de 2018. Teve um começo positivo na sua segunda passagem pelo cargo, tendo guiado a Escócia a uma promoção na edição inaugural da UEFA Nations League nesse mesmo ano.

https://pt.uefa.com/news/newsid=502411.html#alex+mcleish

2019-10-11T14:37:47:572

Legenda

:: Encontros anteriores

Golos marcados/sofridos: O total de golos inclui o resultado de decisões disciplinares (por exemplo: derrota num jogo quando é determinado resultado de 3-0). O total de golos não inclui os marcados durante desempates por grandes penalidades após um jogo ter terminado empatado.

:: Plantel

Qual.: Total de jogos/golos apenas na Qualificação Europeia para o UEFA EURO 2016.
FF: Total de jogos/golos apenas na fase final do UEFA EURO 2016.
Global: Total de jogos/golos na selecção.
DN: Data de nascimento
Idade: Baseada na data da última actualização do dossier de imprensa
D: Informação disciplinar (*: falha jogo seguinte se admoestado, S: Suspenso)

:: Factos das equipas

Fase final do EURO: O Campeonato da Europa foi disputado por quatro equipas em 1960, 1964, 1968, 1972 e 1976 (quando a ronda preliminar e os quartos-de-final eram considerados parte da qualificação).

A partir de 1980 a prova expandiu-se para uma fase final com oito equipas, num formato mantido em 1984, 1988 e 1992, antes de ser aumentar para 16 equipas em 1996. O UEFA EURO 2016 é o primeiro torneio a ser disputado com 24 equipas na fase final.

Fase de qualificação para o Campeonato do Mundo: A secção dedicada aos factos da equipa exibe todos os países participantes na história do EURO e do Mundial. No entanto, por favor tenha em conta que Israel (de 1950 a 1994) e o Cazaquistão (de 1998 a 2002) participaram na fase de qualificação do Mundial sem serem membros da UEFA.

Registos de países inactivos
Várias federações-membro da UEFA foram afectadas pela dissolução ou divisão de federações-membro. Para efeitos estatísticos, os registos destes países inactivos foram alocados a outras federações: dessa forma, todos os jogos da União Soviética são atribuídos à Rússia; todos os jogos da República Federal da Alemanha – embora não os da República Democrática da Alemanha – são atribuídos à Alemanha; todos os jogos da Jugoslávia e da Sérvia e Montenegro são atribuídos à Sérvia; todos os jogos da Checoslováquia são atribuídos tanto à República Checa como à Eslováquia.

Jogos interrompidos/anulados
Para efeitos estatísticos, quando um jogo começou e depois foi abandonado e mais tarde anulado conta-se o resultado que se verificava na altura em que foi interrompido. Jogos que nunca tenham chegado a começar e foram cancelados ou anulados não são incluídos nas estatísticas gerais.

Competições

Outras abreviaturas

  • (a.p.): Após prolongamento
  • pen: Grandes penalidades
  • Nr: Número
  • ag: Autogolo
  • ag: Jogo decidido por golos marcados fora
  • P: Penalty
  • tot: Resultado das duas mãos
  • J: Jogos disputados
  • J: Jogos
  • Pos.: Posição
  • Comp.: Competição
  • Pts: Pontos
  • E: Empates
  • V: Expulso (cartão vermelho directo)
  • DN: Data de nascimento
  • Res: Resultado
  • Prolong.: Prolongamento
  • gp: Jogo decidido através do "Golo de Prata"
  • GS: Golos sofridos
  • c: Jogo decidido por moeda ao ar
  • GM: Golos marcados
  • V: Vitórias
  • go: Jogo decidido através do "golo de ouro"
  • CA: Cartão amarelo
  • D: Derrotas
  • DA: Expulso (duplo cartão amarelo)
  • Nac.: Nacionalidade
  • N/A: Não se aplica
  • Cláusula de desresponsabilização: Apesar de a UEFA ter o máximo cuidado com a informação contida neste documento na altura da sua publicação, nenhuma representação ou garantia (incluindo responsabilidade de terceiros), expressa ou implícita, é feita em relação à exactidão e fiabilidade do mesmo. Como tal, a UEFA não assume qualquer responsabilidade pela utilização ou interpretação da informação nele contida. Mais informação sobre o regulamento das competições poderá ser encontrada no UEFA.com.