UEFA saúda decisão do TAS sobre o Skënderbeu

A UEFA saúda a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto de negar provimento ao recurso interposto pelo Klubi Sportiv Skënderbeu.

A UEFA saúda a decisão do TAS sobre o Skënderbeu
A UEFA saúda a decisão do TAS sobre o Skënderbeu ©UEFA

A UEFA saúda a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto de negar provimento ao recurso interposto pelo Klubi Sportiv Skënderbeu relativamente à decisão tomada a 1 de Julho de 2016 pelo Comité de Recursos da UEFA.

Consequentemente, o TAS confirma a decisão tomada pelos órgãos disciplinares da UEFA de não permitir a participação do Skënderbeu na UEFA Champions League de 2016/17 devido ao envolvimento em actividades destinadas a viciar resultados de jogos (artigo 4.02 dos Regulamentos da UEFA Champions League).

Este caso confirma a fiabilidade do sistema de detecção de fraude de apostas da UEFA (BFDS) na identificação de padrões de apostas anormais em jogos disputados pelo clube albanês a nível nacional e europeu.

Após uma investigação aprofundada realizada pela UEFA, em estreita colaboração com o parceiro Sportradar, os inspectores de ética e disciplinares identificaram certos padrões de apostas em total contradição com os habituais num mercado normal de apostas. Este caso foi analisado pelo Comité de Recursos da UEFA e, depois, pelo TAS.

Com esta decisão, o TAS reforça a determinação em proteger da viciação de resultados as competições nacionais e da UEFA. Também mostra a confiança que o TAS tem no BFDS UEFA - desenvolvido em conjunto com a Sportradar – como ferramenta fundamental para ajudar a garantir a integridade das competições.

O BFDS foi criado em 2009 em resposta à crescente ameaça da manipulação de resultados nos jogos nacionais e das competições da UEFA. O seu papel é o de detectar movimentos de apostas irregulares, tanto antes do jogo, como em directo, nos principais mercados de apostas através do acompanhamento das principais casas de apostas europeias e asiáticas. Os principais mercados de apostas são: o “handicap” asiático (AHC); Totais (número de golos por jogo) e 1X2 (vitória da equipa da casa, empate, vitória do visitante).

O acompanhamento dos mercados de apostas abrange todos os jogos das provas da UEFA (cerca de 2000 por época) e os jogos das duas primeiras divisões e das taças de todas as federações-membro da UEFA (cerca de 3000 jogos por época). Esta monitorização recorre a algoritmos complexos e modelos matemáticos para comparar as probabilidades calculadas com as das casas de apostas para determinar se as probabilidades num minuto específico ou num período de jogo são irregulares.

Topo