Comité Executivo da UEFA aprova nova competição de clubes

O Comité Executivo da UEFA aprovou a criação de uma terceira competição de clubes para o ciclo 2021–2024, durante a sua reunião de hoje, em Dublin.

©Getty Images

039 - "Competição inclusiva significa mais jogos para mais clubes e mais federações" - Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin

Mais clubes de mais federações vão disputar as provas europeias a partir de 2021, depois do Comité Executivo da UEFA ter aprovado a criação de uma terceira competição de clubes da UEFA para o novo ciclo de competições de 2021–2024 na sua reunião, decorrida em Dublin.

• A nova competição (que para fins de denominação será UEL2) será semelhante às já existentes UEFA Champions League e UEFA Europa League e contará com 32 equipas na fase de grupos.

• O formato será de oito grupos de quatro equipas, seguido de oitavos-de-final, quartos-de-final, meias-finais e final.

• Uma fase a eliminar adicional será jogada antes dos oitavos-de-final, entre as equipas classificadas no segundo posto dos seus grupos e os terceiro classificados nos grupos da UEFA Europa League.

• A nova prova terá 141 jogos em 15 jornadas, as mesmas que a UEFA Europa League.

• O vencedor da nova competição irá participar na UEFA Europa League da época seguinte.

• A nova competição será jogada às quintas-feiras. Já a UEFA Champions League continuará a ser jogada às terça e quarta-feira, enquanto a UEFA Europa League e a nova prova serão jogadas na quinta-feira, com uma nova janela horária adicionada, em principio para as 15h30 (hora de Portugal Continental).

• Todas as finais das competições serão jogadas na mesma semana: quarta-feira (nova competição), quinta-feira (UEFA Europa League) e sábado (UEFA Champions League).

A nova terceira competição assegura que pelo menos 34 países serão representados nas fases de grupos das provas de clubes da UEFA (hoje, o mínimo garantido são 26). Todas as federações-membro irão ter acesso às três competições de clubes e todas as federações vão manter a mesma quota de acesso actual.

O Presidente da UEFA Aleksander Čeferin afirmou: "A nova competição de clubes da UEFA fará com que as competições de clubes da UEFA sejam mais inclusivas que nunca. Vão haver mais jogos para mais clubes, com mais federações representadas na fase de grupos. Esta competição nasceu do constante diálogo com os clubes através da Associação de Clubes Europeia (ECA).

"Há uma crescente procura por todos os clubes de possibilidades de poderem jogar com mais regularidade nas competições europeias. Isto foi conseguido através de uma abordagem estratégica, em conjunto com o objectivo da UEFA de ter tanto mais qualidade como mais inclusividade nas nossas competições de clubes."

O Comité Executivo da UEFA aprovou hoje o formato da competição e a lista de acesso. Foi incluído um aumento na garantia mínima financeira por participação a todos os clubes na UEFA Europa League e na nova competição. Os detalhes da distribuição de verbas e sistemas de solidariedade, bem como outros detalhes, como o nome/marca da competição, sistema de coeficientes e estratégia comercial serão finalizadas durante 2019.

Também, como parte no ciclo de competições 2021–2024, a UEFA Europa League irá ter também alinhar no novo formato, ao incluir uma ronda a eliminar adicional, jogada antes dos oitavos-de-final entre os segundo classificados de cada um dos seus grupos e os terceiros dos grupos da UEFA Champions League.

Não haverá nenhuma alteração ao formato e lista de acesso à UEFA Champions League.

Topo