O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA aumenta recursos na luta contra a manipulação de resultados

Todas as federações nacionais membro da UEFA irão designar um responsável pela responsabilidade social do futebol.

O Comité Executivo da UEFA reuniu-se em Londres, antes da final do UEFA EURO 2020, e tomou as seguintes decisões.

Estudo de viabilidade no combate à corrupção em campo no futebol europeu

O Comité Executivo da UEFA concordou em aumentar os recursos destinados ao investimento na luta contra a manipulação de resultados e desenvolver a sua unidade de especialistas e investigadores na matéria.

Esta decisão resulta de um estudo independente que mostrou que o conhecimento, a investigação e a prevenção são os principais aspectos que precisam de ser fortalecidos para melhorar o combate à manipulação de resultados.

O plano de acção resultante do referido estudo foca-se, entre outros, no aumento da cooperação entre as autoridades internacionais e locais competentes (em particular responsáveis de integridade em federações membro da UEFA), no aumento dos conhecimentos e ajuda na área através de um fortalecimento da consciencialização e dos programas de treino dos responsáveis, do desenvolvimento das ferramentas tecnológicas da implementação de um mecanismo que ajude a identificar a integridade e no reforço dos recursos humanos à disposição.

Estas medidas permitirão à UEFA potenciar a concretização dos seus objectivos no que toca a evitar que métodos ou estratégias que possam colocar em causa a integridade dos jogos e levantar questões éticas sobre os padrões do futebol europeu.

Outros recursos serão introduzidos com vista a combater operações de crime organizado relacionados com jogos de futebol europeu, de forma a promover a colaboração entre forças da lei europeias.

Alterações nos regulamentos do programa HatTrick

Ficou decidido que a partir da temporada de 2022/23, as federações nacionais de futebol que integram a UEFA terão de designar um agente para a Responsabilidade Social do Futebol (FSR) e desenvolver uma estratégica FSR exaustiva na temporada seguinte.

As federações membro da UEFA devem, primeiro, canalizar pate dos fundos para esse propósito, de forma a dedicarem os recursos humanos adequados no que toca à responsabilidade social do futebol. Podem ser usados até 25% dos fundos para cobrir custos com o pessoal.

A UEFA irá apoiar um máximo de dois projectos por época que : a) abranjam uma ou mais políticas de responsabilidade social da UEFA com uma abordagem a longo prazo; ou b) apoiem o desenvolvimento da estratégia de responsabilidade social do futebol, de acordo com as política da UEFA; ou c) contribuam para a formação de pessoal na matéria.

Próxima reunião

A próxima reunião do Comité Executivo da UEFA está agendada para ter lugar em Chisinau, na Moldávia, a 22 de Setembro de 2021.