Relatório do futebol feminino para 2015/16

A UEFA lançou o seu relatório estatístico anual do futebol feminino, que analisa o estado da modalidade nas suas 54 federações-membro.

Capa do "Futebol feminino nas federações nacionais 2015/16"
Capa do "Futebol feminino nas federações nacionais 2015/16" ©UEFA.com

A quinta edição do relatório "Futebol feminino nas federações nacionais" faz parte do compromisso da UEFA para promover o futebol feminino enquanto desporto.

A edição 2015/16 aborda seis temas principais - futebol nacional, selecções, treinadores e arbitragem, media, televisão e assistências. Todas as 54 federações-membro da UEFA estão abrangidas, desde a Albânia até ao País de Gales, por ordem alfabética.

As principais conclusões globais do inquérito sobre o futebol feminino 2015/16 são as seguintes:

  • Número de jogadoras registadas: quase 1 milhão e 200 mil
  • Jogadoras profissionais: 2.200 em 145 clubes de 23 países
  • Os cinco países com mais jogadoras registadas são Inglaterra, França, Alemanha, Holanda e Suécia
  • 49 países possuem um campeonato feminino
  • Árbitras qualificadas: mais de 8.750
  • Treinadoras qualificadas: mais de 13.000
  • Orçamento estimado das 54 federações-membro para 2015/16: 96,7 milhões de euros
  • Dos funcionários das federações-nacionais, 29 por cento são mulheres

O relatório inclui diversos factos e números interessantes. Por exemplo, em relação ao futebol nacional, em 36 países as mulheres estão dispostas a percorrer mais de 15 quilómetros para treinarem; sete dos 54 países fornecem acompanhamento digital dos jogos da UEFA Women's Champions League; e 35 países têm programas de futebol para pessoas com incapacidades físicas, dos quais 11 por cento dos participantes são mulheres.

Desde a edição 2014/15 do relatório, o número de jogadoras registadas permanece estável, enquanto o número de árbitras qualificadas subiu 17 por cento.

Pensando a médio-prazo, o relatório refere que, ao longo dos últimos sete anos, os seguintes cinco países registaram o maior crescimento do futebol feminino em termos de jogadoras registadas: Ucrânia, Cazaquistão, Polónia, Hungria e Bielorrússia.

Os dados para o relatório de 2015/16 foram recolhidos através de um inquérito anual junto das federações nacionais, levado a cabo no Verão de 2015. A primeira parte do documento mostra informação essencial através de seis infografias, enquanto a segunda parte contém o perfil de cada uma das 54 federações-membro da UEFA.

Topo