UEFA e Universidades

Estudos e investigação no futebol - formandos e formadores ©DFB

Ao longo dos últimos anos, a UEFA tem-se relacionado cada vez mais com a comunidade académica ao estabelecer uma série de iniciativas que continuam a dar vários benefícios concretos à UEFA e ao futebol europeu. Têm sido fomentados três pilares principais.

Investigação
A primeira iniciativa é dedicada à investigação no futebol europeu. Aqui, a UEFA esforça-se por encorajar a
investigação académica, particularmente em:

• estabelecer iniciativas como o Programa de Bolsas de Investigação da UEFA, de apoio a projectos directamente relacionados com assuntos do futebol europeu;

• partilhar informação com investigadores envolvidos nesta área particular de interesse;

• desenvolver projectos de pesquisa específicos com estudantes de universidades parceiras;

• comissionar peritos académicos e centros de investigação para a realização de estudos específicos em nome da UEFA.

Desenvolvimento Pessoal
Desenvolvido em estreita cooperação conjunta entre a UEFA, universidades de renome e peritos académicos, os programas de desenvolvimento pessoal foram criados para preencherem as necessidades dos funcionários das 55 federações-membro da UEFA. Os vários programas educacionais podem ser vistos em baixo:

O Mestrado Executivo em Gestão Desportiva (MESGO – 60 ECTS [créditos Sistema Europeu de Acumulação e Transferência de Créditos]), único na sua estrutura de análise aos desafios presentes e futuros que os líderes desportivos mundiais enfrentam. O MESGO está disponível para uma audiência alargada, incluindo participantes de outros desportos colectivos.

O Mestrado Executivo da UEFA para Jogadores Internacionais (UEFA MIP – 60 créditos ECTS) é um programa único, especificamente criado para ir ao encontro das necessidades de antigos  internacionais. Lançado em Abril de 2015, o programa é ministrado por duas instituições académicas de renome mundial: o Centre de Droit et d'Economie du Sport (CDES), da Universidade de Limoges, França, e o Birkbeck Sport Business Centre, Faculdade de Birkbeck, da Universidade de Londres e foi desenvolvido em estreia cooperação com a FIFPro Division Europe e  a Associação Europeia de Clubes.

A razão de ser do programa UEFA MIP reside na crença de que o futebol está em primeiro lugar e que os antigos jogadores internacionais têm muito a oferecer em termos de direcção e gestão do futebol. Ao fornecer as ferramentas que os jogadores precisam para serem profissionais qualificados, a UEFA espera que as suas federações nacionais beneficiem da experiência e conhecimento dos antigos futebolistas.

O Certificado em Gestão Futebolística da UEFA (UEFA CFM – 10 ECTS), disponível para funcionários e intervenientes das federações-membro da UEFA e realizado em cinco edições nacionais a cada ano. O curso permite aos participantes aprenderem técnicas avançadas e actualizadas na gestão em futebol.

Para apoiar os participantes do UEFA CFM, e para disponibilizar o conteúdo deste curso a uma audiência mais alargada, a UEFA publicou o Manual de Gestão das Federações Nacionais.

Programa Jurídico de Futebol da UEFA (UEFA FLP – 10 créditos ECTS) foi lançado em Abril de 2015 e está aberto a funcionários e dirigentes das federações nacionais da UEFA, bem como a outros agentes que lidem com casos relacionados com futebol. Foi especificamente criado para especialistas legais que queiram aumentar os seus conhecimentos sobre leis do futebol.

Dada a inerente complexidade dos temas legais, o programa é também criado para aumentar a cooperação entre os diferentes agentes, de modo a que os membros da família do futebol estejam melhor preparados para lidar com desafios futuros num terreno em constante mutação.

Capitães da Mudança
Em Setembro de 2014, a UEFA lançou um projecto inovador, que pretende fomentar e promover ainda mais a diversidade no seio do futebol europeu – e que também trará uma energia adicional e ímpeto positivo a esta faceta crucial da modalidade. O programa Capitães da Mudança está a ser desenvolvido para lutar po um ambiente mais inclusivo no futebol europeu, e estará aberto a qualquer pessoa que trabalhe numa federação nacional ou organização parceira da UEFA.

Programa de Liderança Feminina no Futebol da UEFA (WFLP)
O Programa de Liderança Feminina no Futebol da UEFA (WFLP) foi lançado na Primavera de 2014. Com isto, a UEFA responde às reacções das suas federações-membro, estabelecendo um programa de liderança específico para mulheres que integrem as federações nacionais. A iniciativa WFLP será destinada a mulheres que trabalhem no futebol – não necessariamente no futebol feminino. O programa vai tentar identificar pessoas que tenham potencial para ser tornarem líderes, com a iniciativa a ajudá-las a desenvolverem as qualidades apropriadas. Para além disso, mulheres que já ocupem cargos de liderança terão apoio adicional no desempenho das suas funções.

Programa de Talentos
Finalmente, a UEFA instituiu uma série de iniciativas para envolver activamente jovens licenciados em gestão desportiva e media em algumas das suas competições mais importantes. O Programa de Talentos de Emissor Anfitrião do UEFA EURO 2012 constituiu um bom exemplo disso, envolvendo jovens de universidades locais na concepção de serviços para este grande evento, permitindo-lhes ganhar valiosa experiência profissional.