Presidente da UEFA visita Letónia

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, expressou o seu optimismo em relação ao futuro do futebol na Letónia numa visita àquele país e garantiu o total apoio da UEFA ao desenvolvimento da modalidade.

Aleksander Čeferin é recebido pelo presidente da Letónia, Raimonds Vējonis (à esquerda), sob o olhar do presidente da Federação de Futebol da Letónia, Kaspars Gorkšs (à direita)
Aleksander Čeferin é recebido pelo presidente da Letónia, Raimonds Vējonis (à esquerda), sob o olhar do presidente da Federação de Futebol da Letónia, Kaspars Gorkšs (à direita) ©LFF

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, visitou a Letónia na sequência de uma série de deslocações que está a fazer pelas 55 federações-membro da UEFA.

Čeferin encontrou-se com o presidente da Federação de Futebol da Letónia (LFF), Kaspars Gorkšs, e com outros dirigentes federativos, tendo as conversas se centrado no desenvolvimento do futebol no país e na cooperação entre UEFA e a LFF no sentido de potenciar esse desenvolvimento.

Durante esta sua deslocação, Čeferin reuniu-se igualmente com o Presidente da Letónia, Raimonds Vējonis, com a ministra das Finanças, Dana Reizniece-Ozola, e com o vice-presidente da autarquia da capital, Riga, Andris Ameriks.

A Letónia tornou-se membro da UEFA em 1992. UEFA e federação letã trabalham lado-a-lado com vista ao estabelecimento de um trilho positivo para o futebol naquele país do Báltico – em particular através dos programas de assistência da UEFA como o UEFA GROW ou o HatTrick.

Todas as reuniões centraram-se no papel que o futebol pode ter na Letónia, no seu potencial para estimular o desenvolvimento do país e da sua população bem para além dos relvados.

Aleksander Čeferin à conversa com os jornalistas na Letónia
Aleksander Čeferin à conversa com os jornalistas na Letónia©LFF

“O futuro do futebol letão é risonho”, disse Čeferin. “As pessoas com quem nos encontrámos garantiram a sua cooperação, pelo que estou optimista.”

“A UEFA encontra-se a investir consideravelmente em infraestruturas e vai continuar a ajudar a Letónia. É igualmente de extrema importância que a federação conte com o apoio do governo e dos municípios.”

Aleksander Čeferin e Kaspars Gorkšs
Aleksander Čeferin e Kaspars Gorkšs©LFF

Gorkšs expressou a sua esperança de que a cooperação entre federação, UEFA e autoridades locais e nacionais letãs venha a trazer frutos, sublinhando o potencial do futebol na Letónia.

“Nestas nossas reuniões, procurámos destacar o impacto que o futebol pode ter no desenvolvimento da Letónia e da sua prosperidade”, explicou. “O futebol contribui para o bem-estar da nossa nação.”

Decorreu na passada semana na Letónia um workshop do programa UEFA GROW, como parte do apoio prestado pela UEFA ao modelo de gestão da LFF. Entre as áreas visadas destaca-se o planeamento estratégico, as actividades comerciais e de marketing, o crescimento de receitas, as estratégias de comunicação e a relação com o público em geral.

Aleksander Čeferin autografa uma bola de futebol a um jovem amante da modalidade na Letónia
Aleksander Čeferin autografa uma bola de futebol a um jovem amante da modalidade na Letónia©LFF

Os objectivos-chave da LFF passam pelo aumento do número de atletas federados, pelo desenvolvimento de actividades relacionadas com as "raízes" do futebol e, em particular, que potenciam o envolvimento de mais raparigas e mulheres no futebol.

A LFF encontra-se determinada a desenvolver a estrutura das suas Ligas e a implementar programas de desenvolvimento de talentos eficazes que se traduzam no surgimento de mais jovens futebolistas promissores.

A Federação de Futebol da Letónia vai acolher, no final de Outubro, a Conferência Anual UEFA GROW e a respectiva cerimónia de prémios. O evento contará com a presença de todas as federações-membro da UEFA, as quais enviarão representantes de áreas como o marketing, a comunicação e as actividades comerciais.

O programa UEFA HatTrick vai também contribuir de forma significativa até 2020 para a expansão e crescimento das infraestruturas futebolísticas em toda a Letónia, como previsto no plano do projecto.

Topo