Aleksander Čeferin visita ARJ Macedónia

O presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, visitou a ARJ da Macedónia para inaugurar as instalações de uma nova academia de formação e aproveitou para elogiar a Federação de Futebol da Macedónia (FFM) pelo trabalho desenvolvido.

Ilcho Gjorgjioski, Aleksander Čeferin e Kocho Angjushev
Ilcho Gjorgjioski, Aleksander Čeferin e Kocho Angjushev ©FFM

O presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, visitou a ARJ da Macedónia para a inauguração das instalações da nova academia de formação de futebol jovem da Federação de Futebol da Macedónia (FFM).

O president da UEFA reuniu-se com o presidente da FFM, Ilcho Gjorgjioski (ao centro), e o primeiro-ministro adjunto para os assuntos económicos da ARJ Macedónia, Kocho Angjushev (à esquerda)
O president da UEFA reuniu-se com o presidente da FFM, Ilcho Gjorgjioski (ao centro), e o primeiro-ministro adjunto para os assuntos económicos da ARJ Macedónia, Kocho Angjushev (à esquerda)©FFM

Na inauguração dessas novas instalações, que fazem parte do complexo da Casa do Futebol daquela federação, Čeferin esteve ao lado do presidente da FFM, Ilcho Gjorgjioski, e do primeiro-ministro adjunto da ARJ Macedónia responsável pelos assuntos económicos, Kocho Angjushev.

As novas instalações, destinadas ao futebol jovem, foram criadas graças à recente intensa cooperação entre a UEFA e a FFM, dentro do programa de desenvolvimento do futebol jovem de elite da UEFA.

A ARJ Macedónia tem, desde o início, feito parte deste projecto-piloto da UEFA, o qual assiste as federações nacionais de futebol europeias no desenvolvimento de futebolistas de elite. A UEFA oferece financiamento para ajudar a cobrir os custos de uma academia para futebol de formação, estabelecer um programa técnico e desenvolver padrões de treino que contribuam para a evolução dos jovens.

Aleksander Čeferin discursa durante a cerimónia de abertura
Aleksander Čeferin discursa durante a cerimónia de abertura©FFM

A UEFA tem estado em contacto permanente com a FFM de forma a monitorizar o processo, oferecer apoio e partilhar conhecimentos técnicos, educacionais e de gestão.

No geral, o futebol tem-se vindo a desenvolver de forma encorajadora na ARJ da Macedónia. A capital, Skopje, recebeu o encontro da SuperTaça Europeia entre Real Madrid e Manchester United em Agosto último e a selecção nacional de sub-21 qualificou-se para a fase final do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA do passado Verão, na Polónia – a primeira vez que o país se qualificou para a fase final de uma prova da UEFA.

“Quero dar os parabéns à FFM,” disse Čeferin. “Com o apoio da UEFA, implementou um grande projecto com vista ao desenvolvimento do futebol no país.”

Futebolistas jovens marcaram presença na cerimónia de inauguração
Futebolistas jovens marcaram presença na cerimónia de inauguração©FFM

“Três estádios foram renovados, juntamente com a Arena Naciopna, que recebeu o encontro da SuperTaça Europeia. [O país] tem todas as condições e todas as bases para que o seu futebol evolua. O número de campos de futebol tem vindo a crescer e as infra-estruturas estão a desenvolver-se.”

“A FFM conta, agora, com esta excelente academia de futebol para jovens. Há, certamente, muito talento futebolístico neste país.”

“Hoje é um grande dia, não só para a Federação de Futebol da Macedónia mas para o futebol macedónio em geral”, destacou Ilcho Gjorgjioski.

“Desenvolvemos um programa de futebol [jovem] com a vontade de preparar os nossos jovens futebolistas para o futuro. Esta será uma escola para o futuro”, acrescentou.

O presidente da Federação de Futebol da Macedónia (FFM), Ilcho Gjorgjioski
O presidente da Federação de Futebol da Macedónia (FFM), Ilcho Gjorgjioski©FFM

“A maior parte dos nossos esforços têm-se centrado na academia de futebol. Os nossos treinadores estão a melhorar constantemente os seus conhecimentos, de forma a darem aos nossos jovens futebolistas a melhor formação possível.”

Gjorgjioski destacou ainda a excelente relação entre FFM e UEFA. “Ela é nossa parceira,” frisou. “Preocupa-se verdadeiramente com os valores do futebol e dá total apoio às suas federações.”

Topo