Presidente da UEFA no centenário moldavo

O presidente da UEFA, Michel Platini, esteve em Chisinau para participar nos 100 anos do futebol na República da Moldávia e felicitar o país por ter estabelecido as fundações para sucessos futuros.

Michel Platini juntou-se à FMF nas comemorações do seu 20º aniversário e no centenário do futebol no país
Michel Platini juntou-se à FMF nas comemorações do seu 20º aniversário e no centenário do futebol no país ©UEFA.com

O presidente da UEFA, Michel Platini, continuou uma bastante preenchida semana de viagens na terça e quarta-feira, quando visitou Chisinau para participar nas comemorações de 100 anos de futebol na República da Moldávia.

Michel Platini esteve presente nos festejos do centenário do futebol na Moldávia e ainda teve a oportunidade de se encontrar com dirigentes da Federação Moldava de Futebol (FMF), que também assinalava o seu 20º aniversário – e com o primeiro-ministro moldavo, Vladimir Filat.

Com o primeiro encontro de futebol de que há notícia a ter tido lugar naquela república do Leste europeu em Agosto de 1910, as celebrações do centenário marcaram a primeira parte da visita do presidente da UEFA à capital moldava, após a sua chegada na terça-feira proveniente da vizinha Geórgia. Platini participou num acontecimento especial para assinalar o aniversário, depois de ter assistido a um encontro de veteranos entre equipas da Moldávia e da Geórgia. "É um prazer para mim estar de volta à Moldávia para assinalar o centenário do futebol no país e 20 anos desde a fundação da FMF", disse.

A terceira visita ao país em cinco anos do presidente da UEFA continuou na manhã de quarta-feira, quando se encontrou com o primeiro-ministro Vladimir Filat para conversar sobre a cooperação entre o Estado e a Federação Moldava de Futebol. O seu último compromisso oficial foi uma visita guiada ao centro de treinos das selecções da FMF, em Vadul-lui-Voda, onde foi apresentado aos jogadores moldavos, assim como ao seleccionador, Gavril Balint.

No final, Platini elogiou o trabalho da FMF e do seu presidente, Pavel Cebanu, ao dizer em conferência de imprensa: "O futebol na Moldávia tem todos os pré-requisitos para um grande futuro. O presidente da FMF lançou fundações sólidas para os sucessos futuros. As instalações de treino são um exemplo perfeito de um investimento seguro no futebol. Estou satisfeito por a direcção da FMF ter compreendido a importância de boas infra-estruturas futebolísticas."

Cebanu agradeceu ao homólogo da UEFA pela presença naquele que considerou "um grande dia para o futebol moldavo", ao falar sobre o momento da visita do seu hóspede: "Os historiadores registaram o dia 29 de Agosto de 1910 como o dia em que se jogou futebol pela primeira vez na Moldávia. A 14 de Abril festejámos os 20 anos da FMF. Durante este período, temos trabalhado em prol do futebol e quero manifestar a minha gratidão a todos quantos têm feito parte deste processo. Agora, é muito importante que a próxima geração se enamore pelo futebol e comece a ter um papel mais activo."

Platini, que estava previsto viajar de Chisinau para a República da Irlanda na quarta-feira, para a terceira e última parte da sua rápida digressão pela Europa, despediu-se expressando o total apoio da UEFA à actual direcção da FMF. "Estamos do mesmo lado e a trabalhar para o bem deste desporto."

Topo