Congresso toma decisão de acolher Gibraltar

A Federação de Futebol de Gibraltar foi admitida como membro de pleno direito da UEFA, com uma resolução sobre o racismo a ser outra das principais decisões do XXXVII Congresso Ordinário da UEFA.

O XXXVII Congresso Ordinário da UEFA, reunido em Londres, decidiu admitir como membro de pleno direito a Federação de Futebol de Gibraltar (GFA) e tomou uma importante resolução sobre o combate ao racismo no futebol europeu.

A GFA foi aceite como membro da UEFA, com efeito imediato, e torna-se no 54º membro do organismo responsável pelo futebol europeu, enquanto as federações-membro da UEFA aprovaram, também por unanimidade, uma resolução para o combate ao racismo. A resolução de 11 pontos apela a todas as federações da UEFA para tomarem medidas rigorosas para erradicar definitivamente o racismo o do futebol.

Como havia apenas oito candidatos para os oito lugares disponíveis no Comité Executivo da UEFA, a eleição ocorreu por aclamação. Giancarlo Abete (ITA), Allan Hansen (DEN), František Laurinec (SVK), Marios N Lefkaritis (CYP), Avraham Luzon (ISR) e Michael van Praag (NED) foram reeleitos, enquanto David Gill (ENG) e Wolfgang Niersbach (GER) são os novos eleitos para um mandato de quatro anos.

Da mesma forma, e como havia apenas quatro candidatos aos quatro lugares destinados a europeus no Comité Executivo da FIFA, Michel D'Hooghe (BEL), Şenes Erzik (TUR), Marios N Lefkaritis (CYP) e Vitaly Mutko (RUS) foram reeleitos por aclamação para um mandato de quatro anos.

O Comité Executivo da UEFA também realizou a sua reunião constitutiva imediatamente após ter ficado concluído o Congresso da UEFA e foram nomeados os cinco vice-presidentes da UEFA para o período 2013-15: Şenes Erzik (TUR), Ángel María Villar Llona (ESP), Marios N Lefkaritis (CYP), Giancarlo Abete (ITA) e Grigoriy Surkis (UKR).

O Comité Executivo da UEFA nomeou Fernando Gomes (POR) como conselheiro especial para as relações com as outras confederações e, como membro do grupo de coordenação do UEFA EURO 2016, será convidado a participar nas reuniões do Comité Executivo da UEFA num papel de conselheiro, ao mesmo tempo que continua como vice-presidente do Comité das Federações Nacionais.

O Congresso da UEFA aprovou ainda:
• Relatórios do Presidente da UEFA e do Comité Executivo da UEFA no período 2011/12.
• Relatório anual da Administração da UEFA
• Apresentação das contas anuais consolidadas do período 2011/12
• Contas das federações da UEFA de 2011/12
• Aprovação do orçamento para o exercício financeiro de 2013/14

O XXXVIII Congresso Ordinário da UEFA vai decorrer em Astana, no Cazaquistão, a 27 de Março de 2014.

Topo