Câmara Adjudicatória do CFCB confirma exclusão do AC Milan em 2019/20

A Câmara Adjudicatória do Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA (CFCB) confirmou a exclusão do AC Milan na próxima época das competições europeias.

©UEFA.com

A Câmara Adjudicatória do Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA (CFCB) emitiu uma ordem processual confirmando a exclusão do AC Milan das competições de clubes em 2019/20. Tal deve-se ao facto de não ter cumprido o requisito de equilíbrio durante os períodos de monitorização nas épocas 2017/18 e 2018/19, e cobrindo os períodos de relatório terminando em 2015, 2016, 2017 e 2018.

A 19 de Junho de 2018, a Câmara Adjudicatória do (CFCB) decidiu excluir o AC Milan de participar nas competições europeias para as quais se qualificasse nas próximas duas épocas, já que tinha um défice acumulado do requisito de equilíbrio, para os períodos de relatório a terminar em 2015, 2016 e 2017, que excedeu substancialmente o desvio máximo aceitável.

A 20 de Julho de 2018, o Tribunal Arbitral do Desporto (CAS) confirmou que o AC Milan não conseguiu cumprir o requisito de equilíbrio mas decidiu que a sanção de exclusão não era proporcional e o assunto foi remetido novamente para a Câmara Adjudicatória do CFCB. Posteriormente, este órgão emitiu uma decisão excluindo o AC Milan se não conseguir cumprir os critérios de equilíbrio até 30 de Junho de 2021. O AC Milan recorreu desta decisão junto do CAS.

O AC Milan voltou a ser referenciado para a Câmara Adjudicatória do CFCB em 2019, já que registava nova quebra no requisito de equilíbrio para o ano de 2018. Mais uma vez, o AC Milan recorreu da decisão junto do CAS. Os procedimentos da Câmara Adjudicatória do CFCB foram suspensos a 5 de Junho de 2019, pendentes do recurso do AC Milan para o CAS relativo aos anos 2015, 2016 e 2017.

Com os períodos de monitorização do AC Milan para 2017/2018 e 2018/19 a serem a matéria dos procedimentos perante o CAS, a UEFA solicitou que o AC Milan fosse excluído das competições europeias em 2019/2020, e agora o AC Milan aceitou esta sanção pela sua falha no cumprimento das regras.

Desta forma, a 28 de Junho de 2019, o CAS emitiu o seu veredicto e a Câmara Adjudicatória do CFCB emitiu uma ordem processual confirmando a exclusão do AC Milan. A UEFA está satisfeita por ser agora reconhecido pelo AC Milan, e confirmado pelo CAS, que a falha do AC Milan no cumprimento do requisito de equilíbrio ter que levar a uma sanção severa, já que era isso o defendido pela Câmara Adjudicatória do CFCB deste o início dos procedimentos.

Topo