Conselho Estratégico para o Futebol Profissional reúne-se em Nyon

O Conselho Estratégico para o Futebol Profissional (PFSC) reuniu-se hoje em Nyon e abordou vários problemas que afectam o futebol profissional na Europa.

©UEFA.com

036 - Intervenientes comprometem-se com o futuro das competições de clubes sob a liderança da UEFA

O Conselho Estratégico para o Futebol Profissional (PFSC), presidido pelo Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, reuniu-se hoje em Nyon para abordar vários problemas que afectam o futebol profissional na Europa.

O Conselho expressou por unanimidade o desejo de reforçar a relação positiva e aberta existente com a UEFA. Todos os membros concordaram que essa união irá ajudar a garantir o crescimento e a sustentabilidade do futebol a todos os níveis e em todo o continente. Neste contexto, todas as partes sublinharam o empenho em trabalhar em conjunto para o desenvolvimento das competições de clubes sob a liderança da UEFA.

Os membros discutiram as conclusões e recomendações do Comité de Competições de Clubes da UEFA no ciclo 2021/24, que serão decididas na reunião do Comité Executivo da UEFA, em Dezembro, em Dublin. Foram trocados pontos de vista sobre o assunto, incluindo uma apresentação das Ligas Europeias.

O futuro do futebol feminino foi abordado pela primeira vez no Conselho. O debate refletiu o enorme aumento na popularidade e no sucesso do futebol feminino em toda a Europa e o desejo de tornar o futebol feminino num desporto celebrado a nível global e que propicia a todas as raparigas e mulheres um lugar para jogar. Houve apoio unânime para o esboço da estratégia e uma disposição entre os membros em trabalharem para melhorar a modalidade.

Os membros ouviram também uma explicação sobre as reformas do sistema de transferências, aprovada no mês passado pelo Conselho da FIFA.

O PFSC inclui representantes eleitos dos quatro principais intervenientes envolvidos no futebol profissional europeu: os clubes, através da Associação Europeia de Clubes (ECA); as ligas, através das Ligas Europeias; os jogadores, via FIFPro Divisão Europa; e a UEFA, como órgão regulador do futebol a nível europeu. O organismo discute questões de importância estratégica para o futebol profissional na Europa e aconselha o Comité Executivo da UEFA em conformidade.

Topo