Campeões iniciam caminhada

O secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, saudou os 36 clubes presentes nos sorteios que assinalam o arranque da edição 2011/12 da UEFA Champions League e que partem agora rumo a "um bonito sonho".

Gianni Infantino, secretário-geral da UEFA, conduz o sorteio
Gianni Infantino, secretário-geral da UEFA, conduz o sorteio ©UEFA.com

No arranque da edição 2011/12 da UEFA Champions League, a UEFA elogiou os clubes presentes nas pré-eliminatórias da prova por contribuírem para a história da mais prestigiada competição de clubes do futebol europeu.

"Os sorteios desta segunda-feira assinalam o arranque de um longo e árduo caminho que se prolonga por toda a temporada, terminando com a principal final europeia de clubes, a final da UEFA Champions League, que esta época terá lugar na magnífica [Fußball] Arena München, a 19 de Maio de 2012, sábado", destacou o secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, dirigindo-se aos representantes dos clubes presentes na cerimónia dos sorteios das primeira e segunda pré-eliminatórias da competição, que decorreu na sede da UEFA, em Nyon.

"Agora, claro, para muitos de vocês esse objectivo está ainda bastante distante, mas é, certamente, um sonho bonito", acrescentou. "Ao marcarem presença neste sorteio, todos vós alcançaram já algo de significativo, com a conquista título de campeão dos vossos países; e, ao fazê-lo, ganharam o direito a estar aqui."

"A UEFA Champions League é, sem margem para dúvidas, a melhor e mais desafiante competição de clubes do mundo", prosseguiu Infantino. "E, se por agora ainda estão a alguns jogos de distância da conceituada fase de grupos - com toda a sua magia, glória e recompensa - fazem já parte da história da prova."

"Para além disso, a vossa participação nas competições europeias vale preciosos pontos para o vosso próprio coeficiente de clubes, bem como para o coeficiente do país que representam, pontos esses que contribuirão para que tenham uma melhor posição em futuros sorteios. E, claro, estão na Europa para representar o vosso clube e escrever uma nova página na sua história."

Infantino apelou ainda que clubes e adeptos prezem os princípios de respeito e fair play da UEFA. "Vamos atacar severamente quaisquer questões ou incidentes que ocorram dentro ou fora das quatro linhas", frisou.

Topo