O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

UEFA condena abuso online sofrido por jogadores ingleses

O organismo gestor do futebol europeu está empenhado em combater todas as formas de discriminação no desporto e na sociedade.

©UEFA.com

Em nome da comunidade do futebol europeu, a UEFA condena veementemente o repugnante abuso racista dirigido a vários jogadores ingleses nas redes sociais após a final do EURO 2020, no domingo.

Não há lugar no desporto ou na sociedade para qualquer tipo de comportamento discriminatório. A UEFA está unida no apoio aos jogadores e ao apelo da federação Inglesa para o castigo mais duro possível para todos os responsáveis por estes actos.

Tal comportamento doentio é contrário ao espírito de um torneio que, nas últimas cinco semanas, fez tanto para demonstrar o poder do futebol para servir como elo de ligação entre diferentes comunidades e países europeus.

Campanha Equal Game

Estes incidentes apenas reforçam o compromisso da UEFA na luta contra todas as formas de discriminação, particularmente através da sua campanha de consciencialização pública Equal Game e dos projectos de federações-membro, que usam a popularidade do futebol como um desporto de massas para educar as comunidades na Europa.