O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Comunicado da FIFA e das seis Confederações

Comunicado da FIFA e de seis Confederações
Comunicado da FIFA e de seis Confederações ©UEFA.com

À luz das mais recentes especulações nos media sobre a criação de uma "Super Liga" europeia por parte de alguns clubes europeus, a FIFA e as seis confederações (AFC, CAF, Concacaf, CONMEBOL, OFC e UEFA) gostariam mais uma vez de reiterar e deixar claro que tal competição não seria reconhecida pela FIFA ou pela respectiva confederação. Qualquer clube ou jogador envolvido em tal competição não poderia, portanto, participar em qualquer prova organizada pela FIFA ou sua respectiva confederação.

De acordo com os estatutos da FIFA e das confederações, todas as competições devem ser organizadas ou reconhecidas pelo órgão competente no seu respectivo nível, pela FIFA a nível global e pelas confederações a nível continental. Nesse sentido, as confederações reconhecem o Campeonato do Mundo de Clubes da FIFA, no seu actual e novo formato, como a única competição mundial de clubes, enquanto a FIFA reconhece as competições de clubes organizadas pelas confederações como as únicas competições continentais de clubes.

Os princípios universais de mérito desportivo, solidariedade, promoção e despromoção, além da subsidiariedade, são a base da pirâmide do futebol que garante o sucesso global da modalidade e são, como tal, consagrados nos estatutos da FIFA e das confederações. O futebol tem uma longa história de sucesso graças a esses princípios. A vitória em competições globais e continentais deve ser sempre conseguida em campo.

Gianni Infantino – Presidente da FIFA

Shaikh Salman bin Ebrahim Al Khalifa – Presidente da AFC

Constant Omari – Presidente interino da CAF

Vittorio Montagliani – Presidente da Concacaf

Alejandro Domínguez – Presidente da CONMEBOL

Lambert Maltock – Presidente da OFC

Aleksander Čeferin – Presidente da UEFA