O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Futebol europeu de luto por Gérard Houllier

O futebol francês e europeu estão de luto pelo falecimento de Gérard Houllier, respeitado técnico que teve sucesso ao leme de clubes como Liverpool, Lyon e Paris Saint-Germain.

Gérard Houllier com a Taça UEFA ganha ao leme do Liverpool em 2001
Gérard Houllier com a Taça UEFA ganha ao leme do Liverpool em 2001 AFP via Getty Images

O futebol francês e europeu estão de luto pelo muito respeitado treinador Gérard Houllier, que faleceu aos 73 anos de idade.

Houllier começou por se afirmar como treinador numa passagem de seis anos pelo Nœux-les-Mines, clube do norte de França, antes de assumir o leme do Lens, em 1982. Três anos depois chegou ao Paris Saint-Germain, que guiou ao título de campeão francês em 1986.

Gérard Houllier durante um encontro de Treinadores de Elite da UEFA
Gérard Houllier durante um encontro de Treinadores de Elite da UEFA UEFA

Ao serviço da sua seleção nacional

Houllier tornou-se director técnico da Federação Francesa de Futebol (FFF) no final da década de 1980, tendo depois desempenhado o cargo de adjunto do seleccionador Michel Platini antes de tomar ele mesmo as rédeas da selecção principal de futebol do seu país, em 1992. Deixou o cargo de seleccionador principal gaulês ao falhar o apuramento para o Campeonato do Mundo de 1994, mas manteve-se ligado à FFF, trabalhando com os escalões jovens.

O presidente da FFF, Noël Le Graët, já comentou o seu falecimento: "Foi com grande tristeza que tive conhecimento da morte de Gérard Houllier. O futebol francês perdeu um dos seus mais brilhantes técnicos de sempre. Gérard Houllier afirmou-se no futebol a todos os níveis, desde o amador ao profissional.

"Com os conhecimentos que tinha de futebol, Gérard Houllier era um fantástico professor. O futebol francês deve-lhe muito. Apresentamos as nossas condolências a todos os seus familiares e amigos."

Glória na Taça UEFA com o Liverpool

Depois de contribuir para a conquista do Mundial de 1998 por parte da França, foi apresentado como treinador do Liverpool, função que partilhou com Roy Evans. Não tardou a ganhar fama em Merseyside, assumindo depois o cargo a solo e erguendo um total de oito troféus em seis anos – incluindo a Taça UEFA de 2001, graças a um memorável triunfo por 5-4 após prolongamento sobre o Alavés, e a Supertaça Europeia em Agosto desse mesmo ano. Depois de uma cirurgia ao coração, parou de treinar por cinco meses, antes de regressar.

"Todos no clube estamos muito tristes com a morte de Gérard," lê-se no site do Liverpool. "Ele contribuiu para o reestabelecer do clube como uma força do futebol moderno."

Houllier deixou o Liverpool em 2004 e começou a treinar o Lyon um ano depois. Aí conquistou dois títulos consecutivos de campeão francês, saindo em 2007 para voltar a trabalhar na FFF.

Regressou a Inglaterra em 2010, para orientar o Aston Villa, e depois foi director técnico do New York Red Bulls. Voltou ao Lyon em 2016, como conselheiro do clube.

Gérard Houllier fala durante uma conferência sobre futebol jovem
Gérard Houllier fala durante uma conferência sobre futebol jovemUEFA

Sempre ao serviço da UEFA e do futebol europeu

Houllier trabalhou para a UEFA como director técnico em várias competições, dando o seu precioso olhar nos relatórios técnicos que escreveu e nas conferências em que participou.

A sua vasta experiência levou-o a ter um papel fundamental dentro da UEFA como instrutor técnico e conselheiro de treinadores.