Didier Drogba, vencedor do Prémio Presidente da UEFA: "Estou muito orgulhoso"

Didier Drogba explicou a enorme honra que sente por se juntar à lista de nomes ilustres que ganharam o Prémio Presidente da UEFA.

UEFA via Getty Images

Didier Drogba, antigo avançado do Chelsea e da Costa do Marfim - um dos melhores jogadores africanos de todos os tempos - recebeu o prémio de 2020 das mãos do Presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, durante a cerimónia do sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League, em Genebra, na quinta-feira.

O antigo jogador de 42 anos, descrito por Aleksander Ceferin como "um líder e um pioneiro” juntou-se a lendas como Bobby Charlton, Eusébio, Raymond Kopa, Johan Cruyff, Francesco Totti, David Beckham e Eric Cantona na lista de vencedores do prestigiado prémio.

O Prémio do Presidente da UEFA reconhece proezas notáveis, excelência profissional e qualidades pessoais exemplares. Além de desfrutar de uma excelente carreira como jogador, Drogba tem levado a cabo um importante trabalho de solidariedade e trabalho social, empreendendo uma campanha incansável para ajudar a melhorar a vida das crianças nos países em desenvolvimento.

"Estou muito orgulhoso, porque representa 20 anos de futebol", afirmou Drogba, "com muitos troféus e grandes recordações. Quando olhamos para a lista de jogadores que foram distinguidos, só posso sentir orgulho por estar entre eles”.

Drogba e o Prémio Presidente da UEFA
Drogba e o Prémio Presidente da UEFA

Passar a mensagem certa

“Penso que, como jogadores de futebol, representamos a sociedade", explicou. “O futebol é um reflexo da sociedade, do que acontece nas nossas vidas. É importante sermos exemplos. É importante passarmos a mensagem certa. Penso que é isto que devemos fazer e é o que tenho feito ao longo de toda a minha carreira".

"Todos nós sabemos que Didier Drogba foi um dos melhores jogadores de todos os tempos", afirmou Alexander Ceferin na cerimónia de entrega do prémio. "Mas não basta ser um super jogador, é preciso fazer algo mais. Ele nunca se esqueceu de onde veio. É um grande homem e é por isso que merece este prémio”.

Herói do Chelsea na Champions League

Drogba marcou muitos golos numa carreira que se prolongou ao longo de 20 anos em clubes de Inglaterra (Chelsea), França (Le Mans, Guingamp, Marselha), Turquia (Galatasaray), China (Shanghai Shenhua), Canadá (Montreal Impact) e Estados Unidos (Phoenix Rising).

Didier Drogba: Prémio Presidente da UEFA de 2020
Didier Drogba: Prémio Presidente da UEFA de 2020

Ganhou um estatuto lendário no Chelsea com uma exibição decisiva na final da UEFA Champions League de 2012, frente ao Bayern, quando marcou o golo que valeu um empate dramático ao cair do pano e forçou o prolongamento, antes de converter a grande penalidade decisiva no desempate e dar aos londrinos o primeiro título na UEFA Champions League.

Ajudar e apoiar as crianças

Durante toda a carreira e depois de pendurar as chuteiras em 2018, Drogba empenhou-se fortemente em ajudar e apoiar jovens a concretizar os seus sonhos e aspirações, seja no desporto ou em qualquer outra área, tendo criado a Didier Drogba Foundation em 2007.

Entre os vários projectos, a fundação proporcionou assistência educativa, com destaque para a construção de escolas, que acaba por ser uma forma de as crianças escaparem à pobreza e encontrarem o caminho para um futuro mais risonho.

Drogba também está inscrito no Mestrado Executivo da UEFA para Jogadores Internacionais (MIP), um programa que visa dar a antigos jogadores de elite as ferramentas e recursos necessários para construirem carreiras no futebol depois de abandonarem os relvados.