Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

UEFA congratula-se com relatório da WTO sobre pirataria

A UEFA respondeu a um relatório da Organização Mundial de Comércio publicado hoje, reiterando o seu empenho para combater a pirataria audiovisual.

UEFA congratula-se com relatório da WTO sobre pirataria
UEFA congratula-se com relatório da WTO sobre pirataria ©UEFA.com

"A UEFA recebe com agrado o relatório da Organização Mundial de Comércio e respectivas conclusões. O que é evidente é que as transmissões da beoutQ constituem pirataria dos jogos da UEFA e, como tal, são ilegais.

A beoutQ esteve alojada em frequências transmitidas pela Arabsat e foi promovida e gerida por indivíduos e entidades sujeitos à jurisdição territorial da Arábia Saudita.

Aqueles que procurem seguir o exemplo da beoutQ não duvidem que a UEFA fará tudo ao seu alcance para proteger a sua propriedade e apoiar os seus parceiros, cujo investimento no futebol ajuda a modalidade a manter-se como o desporto mais popular, das "raízes" do futebol até à elite. A pirataria não só ameaça esse investimento como também a existência da modalidade tal como a conhecemos.

A decisão de hoje mostra claramente que ninguém envolvido em pirataria audiovisual deve considerar-se acima da lei".

Topo