Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Principais declarações: Presidente da UEFA comenta regresso das competições

Saiba o que o Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, disse na conferência de imprensa após o anúncio do regresso das competições nacionais e de clubes da UEFA.

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin
O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin ©UEFA via Getty Images

Regresso das competições

"Estou muito satisfeito por podermos voltar a competir em quase todas as nossas competições. O futebol está a liderar o regresso a uma vida mais normal aqui na Europa e quero agradecer a todos aqueles, em especial aos profissionais de saúde, que correram riscos e fizeram sacrifícios para nos dar a oportunidade de voltar a jogar novamente."

"Toda a comunidade do futebol trabalhou de mãos dadas para chegar ao ponto em que o jogo pode voltar, e agradeço a todas as pessoas do mundo do futebol e também aos governos que nos ajudaram a chegar à situação em que estamos hoje. Gostaria ainda de dar um agradecimento especial a todas as federações."

Solidariedade das federações

"Gostaria também de agradecer em especial a todas as federações envolvidas nas mudanças de locais das competições. Quando falei com elas, todas concordaram, de imediato, em mudar os locais para se adaptarem a esta situação e mostraram grande solidariedade. Isto foi crucial para o nosso trabalho no futuro."

O poder do futebol para o bem

Presidente da UEFA e o poder dos futebolistas
Presidente da UEFA e o poder dos futebolistas

"Estou orgulhoso pelo facto dos futebolistas estarem a liderar alguns mais importantes debates internacionais dos dias de hoje. Vimos jogadores como Raheem Sterling, Marcelo, Jérôme Boateng e muitos outros tomarem posições importantes sobre o Black Lives Matter. E ainda ontem vimos Marcus Rashford conseguir mudar a política do governo e impedir que algumas crianças passem fome."

"O futebol pode realmente ser um veículo importante para o bem e estes exemplos assim o demonstram."

Saúde e segurança

"Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para proteger a saúde de todos os participantes. Esperamos que tudo corra bem até organizarmos a final a oito da Champions League [em Portugal] ou os oitavos-de-final da Europa League na Alemanha. Por enquanto, há não há qualquer razão para ter um plano B. Estamos a avaliar a situação não semana a semana, mas sim dia a dia, pelo que nos vamos adaptar quando chegar a hora e se for necessário."

Adeptos

Presidente da UEFA elogia os profissionais de saúde na Europa
Presidente da UEFA elogia os profissionais de saúde na Europa

"Vamos avaliar regularmente a situação em todo o continente em relação aos jogos à porta fechada e faremos um balanço junto das várias autoridades locais para ver se e quando os espectadores poderão retornar de forma gradua aos nossos jogos."

"Se tivesse que responder hoje, diria que acho que não poderíamos ter espectadores nos quartos-de-final, meias-finais e finais da Europa League e da Champions League. Mas as coisas mudam rapidamente. Há um mês, eu não conseguia sequer responder à questão se voltaríamos a ter competição.

"Vamos avaliar tudo isto no início de Julho e depois veremos qual será a situação."

EURO 2020

"Para o UEFA EURO 2020, todas as 12 cidades-anfitriãs foram confirmadas novamente para a fase final que decorrerá no Verão de 2021. O calendário dos jogos foi aprovado e confirmado como estava previsto para este Verão. Obviamente, com as novas datas, 11 de Junho para o jogo de abertura e 11 de Julho para a final."

"O Comité Executivo da UEFA agradeceu às federações e cidades-anfitriãs e às respectivas autoridades o apoio contínuo e o compromisso em organizar o EURO adiado."

Topo