Alemanha lamenta morte de Walter e Flohe

O presidente da Federação Alemã de Futebol, Wolfgang Niersbach, expressou a sua tristeza pelo morte de Ottmar Walter e de Heinz Flohe, campeões do Mundo em 1954 e 1974, respectivamente.

Ottmar Walter morreu domingo aos 89 anos de idade
Ottmar Walter morreu domingo aos 89 anos de idade ©Getty Images

O futebol alemão está de luto pela morte de dois antigos campeões do Mundo, depois de Heinz Flohe, membro da selecção vitoriosa em 1974, ter falecido no sábado aos 65 anos, e Ottmar Walter, vencedor em 1954, ter conhecido o mesmo destino no domingo, com 89 anos de idade. 

Um avançado que cumpriu a maior parte da sua carreira ao serviço do 1. FC Kaiserslautern, Ottmar Walter, irmão mais novo do capitão Fritz Walter, jogou de início na final contra a Hungria, com a vitória por 3-2 a dar o título de Campeão do Mundo aos alemães, em 4 de Julho de 1954. "É uma notícia muito triste para o futebol alemão", comentou o presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Wolfgang Niersbach. "Ottmar Walter foi um dos jogadores que tornou possível o "Milagre de Berna" e que se tornou num modelo para várias gerações".

"Tal como o seu irmão Fritz, vai ter o seu lugar na história da DFB. Ottmar Walter não ficará na nossa memória apenas como um jogador brilhante, mas também como uma pessoa maravilhosa, que sempre se manteve humilde e realista". Depois da morte de Walter, Horst Eckel (81) e Hans Schäfer (85) passam a ser os únicos sobreviventes da selecção campeã mundial em 1954.

Flohe, que estava em coma desde Maio de 2010, foi suplente não utilizado na final do Campeonato do Mundo de 1974, em que a República Federal da Alemanha derrotou por 2-1 a Holanda. Fez também parte da selecção vice-campeã no Campeonato da Europa de 1976, enquanto ao nível de clubes conquistou a Bundesliga, pelo 1. FC Köln, na época 1977/78, tendo erguido a Taça da Alemanha em 1968, 1977 e 1978.

"Ficámos profundamente tristes pela notícia", disse Niersbach. "Heinz Flohe foi um jogador incrível e que vai para sempre ser recordado. Os nossos pensamentos e simpatia estão com a sua família, com quem nos fomos mantendo em contacto e mantivemos a esperança".

Topo