Futebol da Geórgia de luto por Ramaz Shengelia

O futebol da Geórgia está de luto pela morte de Ramaz Shengelia, antigo jogador do Dinamo Tbilisi e da selecção da URSS, que faleceu aos 55 anos, vítima de uma hemorragia cerebral.

Ramaz Shengelia em acção pela URSS no Mundial de 1982
Ramaz Shengelia em acção pela URSS no Mundial de 1982 ©Getty Images

O antigo jogador do FC Dinamo Tbilisi e da selecção da URSS, Ramaz Shengelia, faleceu aos 55 anos, vítima de uma hemorragia cerebral.

Shengelia iniciou a sua carreira no FC Torpedo Kutaisi, mas foi no Dínamo que se afirmou, ao conquistar o título de campeão soviético em 1978, a Taça da URSS em 1979 e a Taça dos Vencedores das Taças em 1980/81. Foi o melhor marcador da principal Liga soviética em 1981, com 23 golos, e foi eleito por duas vezes jogador do ano na URSS. Ao todo, apontou 120 golos em 283 jogos na Liga soviética com a camisola do Dínamo e dez golos em 26 internacionalizações pela selecção principal da União Soviética, que representou no Campeonato do Mundo de 1982.

Durante a década de 90, Shengelia desempenhou diferentes funções na Federação de Futebol da Geórgia (GFF) e foi director técnico da selecção. Deixou o cargo há dez anos, devido a problemas de saúde. "Ramaz Shengelia era, merecidamente, reconhecido como um dos melhores avançados do seu tempo, pois tinha um instinto natural de goleador", pode ler-se num comunicado emitido pela GFF. "Os seus contemporâneos recordam-no como alguém que mudou a tradicional abordagem à arte de fazer golos."

Topo