Resultados positivos da reunião de Nyon

Na sua primeira reunião de 2012, na Casa do Futebol Europeu, o Comité Executivo da UEFA tomou importantes decisões e recebeu informações sobre o progresso de várias situações.

O Comité Executivo da UEFA esteve reunido em Nyon terça e quarta-feira
O Comité Executivo da UEFA esteve reunido em Nyon terça e quarta-feira ©UEFA.com

O Comité Executivo da UEFA abriu o ano de 2012 com importantes discussões e muito trabalho em agenda na sua primeira reunião do ano, que teve lugar esta terça-feira, em Nyon.

Liderado pelo Presidente da UEFA, Michel Platini, o Comité Executivo recebeu informações sobre o progresso das conversações com a Associação Europeia de Clubes (ECA) na sequência de uma reunião realizada a 23 de Janeiro. O organismo informou que serão levadas a cabo mais conversações com vista à assinatura de um novo Memorando de Entendimento com a ECA.

A UEFA, organismo máximo responsável pelo futebol europeu, e a ECA, que actualmente representa 201 clubes, oriundos de todas as 53 federações nacionais que integram a UEFA, assinaram o memorando em vigor após a criação da ECA, em Janeiro de 2008. De acordo com esse memorando de 2008, entre outros aspectos, a UEFA reconhece a ECA como o único órgão representante dos interesses dos clubes a nível europeu – e a ECA reconhece a UEFA como o organismo responsável pelo futebol a nível europeu.

O secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, explicou que o modelo de gestão em vigor visa dar o exemplo, ajudando na cooperação entre UEFA e clubes europeus. "Temos o Conselho Estratégico para o Futebol Profissional [PFSC], que compreende não só os clubes [ECA], mas também as Ligas [Ligas Europeias de Futebol Profissional], e o Sindicato dos Jogadores [Divisão Europeia do FIFPro]", destacou ao UEFA.com. O PFSC, no qual a UEFA se encontra representada por quatro dos seus vice-presidentes, identifica soluções para melhorar a colaboração entre as várias parte envolvidas no futebol europeu."

"No que toca aos clubes", acrescentou, "é, obviamente, crucial que, através do PFSC, o Comité de Competições de Clubes da UEFA e, depois, o Comité Executivo, consigamos tomar as decisões certas e que o processo de tomada de decisões seja estruturado para que os clubes tenham uma palavra a dizer. E creio que isso é algo que agrada aos clubes."

O Comité Executivo recebeu também actualizações relativas à situação relacionada com a segurança nos jogos de futebol das equipas croatas e sérvias nas competições europeias, na sequência de uma visita levada a cabo pelo Presidente da UEFA a ambos os países para se reunir com os respectivos primeiros-ministros, em Fevereiro de 2011, nas quais Michel Platini salientou a importância da tomada de acções contra a violência ligada ao futebol.

O Comité Executivo assinalou os progressos verificados em ambos os casos, mas aprovou a continuação da monitorização da situação por parte da administração da UEFA e da União Europeia (EU)/Conselho Europeu, seus parceiros. "Vamos continuar a cooperar com os governos", garantiu Infantino. "E estamos confiantes que serão tomadas nos dois países as medidas necessárias."

Topo