Selecções europeias brilham no Brasil

As seis selecções europeias presentes no Campeonato do Mundo de Futsal, Portugal, Espanha, Itália, República Checa, Rússia e Ucrânia, venceram todas na última ronda de jogos.

A República Checa derrotou o Uruguai
©Getty Images

As seis selecções europeias presentes no Campeonato do Mundo de Futsal, no Brasil, já entraram em campo, e todas venceram na última ronda de jogos. Portugal bateu o Paraguai.

Arnaldo decisivo
A formação das "quinas", que defronta a Itália no sábado, entrou a ganhar graças a um golo de Arnaldo a dois minutos do fim, que valeu uma vitória por 3-2 sobre o Paraguai. Pedro Costa e Arnaldo tinham dado vantagem à selecção lusa, mas José Rotella e René Villalba tinha conseguido repor a vantagem antes do golo decisivo do jogador do Benfica. A Itália superou os Estados Unidos por 6-1 e lidera o Grupo B. Andy Rosenband deu vantagem aos americanos aos cinco minutos, mas Sandro Zanetti empatou rapidamente e, nos últimos oito, Patrick Nora colocou a Itália em vantagem. Finalmente, Nando Grana converteu um livre de dez metros, tal como Saad Assis, já depois de Edgar Bertoni também ter marcado. 

Espanha embalada
Apenas a Espanha, campeã em título, e a Itália, vice-campeã, actuaram duas vezes nos primeiros dois dias, tendo os espanhóis empatado 3-3 com o Irão e os "azzurri" derrotado a Tailândia por 1-0. No entanto, a Espanha redimiu-se no seu segundo jogo no Rio de Janeiro, derrotando a Líbia por 3-0, com golos de Javi Rodríguez, Álvaro e Daniel. Também no Grupo D a República Checa iniciou o torneio com uma difícil vitória por 4-1 sobre o Uruguai. A vantagem alcançada com o golo de Roman Mareš aos oito minutos foi anulada antes do intervalo por Seba, mas Tomáš Sluka e Zdeněk Sláma voltaram a colocar a equipa de Tomáš Neumann na frente. David Filinger converteu um livre de dez metros perto do final, dando confiança à sua equipa para o confronto com a Espanha no domingo.

Rússia marca dez
Em Brasília, a Rússia e a Ucrânia conseguiram somar três pontos antes dos difíceis desafios do fim-de-semana. A Rússia, que defronta os anfitriões para o Grupo A, no sábado, derrotou Cuba por 10-5. Um autogolo de Yosniel Mesa e tentos de Vladislav Shayakhmetov, Konstantin Maevski, Dmitri Prudnikov e Cirilo colocaram a Rússia em vantagem por 5-0 nos primeiros nove minutos. Mais golos de Damir Khamadiev, Sirilo, Shayakhmetov e Pula, por duas vezes, garantiram que o "hat-trick" marcado por Mesa na baliza certa tenha sido em vão. O Brasil, que já tinha derrotado o Japão por 12-1, goleou as Ilhas Salomão por 21-0.

Ucrânia começa bem
A Ucrânia, que no domingo defronta a Argentina, semifinalista em 2004, derrotou a Guatemala por 6-2. Valeriy Zamyatin marcou o único golo da primeira parte e, apesar de Estuardo de León ter empatado, Serhiy Cheporniuk repôs a vantagem dos ucranianos e Yevgen Rogachov marcou outros dois golos. Depois de Erick Acevedo ter reduzido, Mykhaylo Romanov e Valeriy Legchanov confirmaram a vitória. A Argentina é líder do Grupo C depois de ter batido a China por 5-0 e o Egipto por 4-2.

Topo