Itália conquista bronze

Rússia 1-2 Itália
Um golo no último minuto de Saad Assis assegurou o triunfo da Itália sobre a Rússia, por 2-1, em jogo de atribuição do terceiro lugar.

Carlos Morgado e Saad Assis (à direita) festejam o golo da vitória frente à Rússia
©Getty Images

Um golo no último minuto de Saad Assis assegurou o triunfo da Itália sobre a Rússia, por 2-1, em jogo de atribuição do terceiro lugar no Campeonato do Mundo de Futsal, que decorreu no Brasil.

Assis decide
Adriano Foglia, cujo autogolo no último minuto da meia-final de quinta-feira originou uma derrota por 3-2 contra a Espanha, teve um dia mais feliz, uma vez ter aberto o activo logo aos sete minutos da partida realizada no Rio de Janeiro. Vladislav Shayakhmetov acertou no poste antes do intervalo, mas a Rússia empatou na segunda parte, quando Damir Khamadiev serviu Konstantin Dushkevich. Khamadiev acertou, mais tarde, na trave e Shayakhmetov foi expulso ao ver o segundo cartão amarelo. Com o tempo quase a expirar, Assis efectuou um "chapéu" ao guarda-redes russo Sergey Zuev, dando a vitória e a medalha de bronze à Itália, que se seguiu à de prata conseguida em 2004.

Medalha "merecida"
O seleccionador de Itália, Alessandro Nuccorini, disse: "Efectuámos uma óptima exibição e os jogadores conseguiram a medalha que mereciam". O russo Oleg Ivanov acrescentou: "Em 2004, a Rússia não se apurou para o Mundial e agora está entre as quatro melhores selecções. Isso indica bem o desenvolvimento do futsal russo. Efectuámos alguns excelentes jogos frente a equipas fortes, como o Brasil, Argentina e Itália". O Brasil, que afastou a Rússia nas meias-finais, sagrou-se campeão, ao bater a Espanha na final de domingo, nas grandes penalidades.

Topo