Arena Belgrade - Belgrado 09-02-2016 - 21:00CET (21:00 Hora locallocal)

Quartos-de-final

Cazaquistão - Itália
5-2
 

Cazaquistão - Itália 5-2 - 09-02-2016 - Página do jogo - Futsal EURO 2016

O "site" oficial do futebol europeu

Estreante Cazaquistão afasta campeã Itália

Publicado: terça-feira, 9 de Fevereiro de 2016, 23.39CET
Cazaquistão 5-2 Itália
Os estreantes cazaques voltaram a fazer história e deixaram pelo caminho nos quartos-de-final a campeã Itália.
por Nuno Tavares
de Arena Belgrade
Estreante Cazaquistão afasta campeã Itália
Os jogadores do Cazaquistão festejam o golo de Serik Zhamankulov ©Sportsfile

Estatísticas dos jogos

Cazaquistão
Itália

5

Golos marcados

2

45

Total de tentativas

45

15

Remates à baliza

15

19

Remates para fora

12

11

Remates defendidos

18

2

nos postes

2

10

Cantos

5

1

Cartões amarelos

1

0

Cartões Vermelhos

0

5

Faltas cometidas

1

1

Faltas sofridas

5

Equipas

Cazaquistão

Cazaquistão

Itália

Itália

2Higuita (GR)
32:53
1Mammarella (GR)
6Leo
15:51
39:37
2Ercolessi
9Dovgan3Gabriel Lima (C)
10Yesenamanov
22:51
9Fortino
22:21
19Douglas Jr.10Alex Merlim
1Shamro (GR)12Miarelli (GR)
3Knaub4Romano
4Grebonos5Leggiero
5Zhamankulov
18:47
6Honorio
7Pengrin7De Luca
8Suleimenov (C)8Patias
11Pershin11Canal
36:24
15Taku13Giasson
18Nurgozhin
36:30
15Murilo
19:20

Treinadores

Cacau (BRA)
Roberto Menichelli (ITA)

Primeiro árbitro

Kamil Çetin (TUR)

Dossiers de Imprensa

Classificação

  
Publicado: terça-feira, 9 de Fevereiro de 2016, 23.39CET

Estreante Cazaquistão afasta campeã Itália

Cazaquistão 5-2 Itália
Os estreantes cazaques voltaram a fazer história e deixaram pelo caminho nos quartos-de-final a campeã Itália.

  • Estreante Cazaquistão surpreende e derrota campeã Itália, apurando-se para as meias-finais
  • Itália não consegue fazer face à táctica "especial" do adversário
  • Veja o resumo do jogo a partir das 23h00
  • Meia-final de quinta-feira: Espanha - Cazaquistão (20h00)

O estreante Cazaquistão eliminou a campeã Itália nos quartos-de-final do UEFA Futsal EURO 2016, vencendo por 5-2 e agendando um confronto com a Espanha.

Paciência foi a palavra dominante da primeira parte do jogo disputado na Arena Belgrade, com o Cazaquistão a optar desde muito cedo pela sua usual táctica de utilizar o guarda-redes Higuita no jogo ofensivo. Focada em parar o adversário, a Itália tinha pouca posse de bola e acabou mesmo por perder no jogo de nervos, Primeiro foi Leo a marcar com um potente remate, antes de Serik Zhamankulov fazer o 2-0 numa recarga a um seu primeiro remate à barra.

A Itália parecia no caminho para encetar a recuperação quando Fortino reduziu logo a abrir a segunda parte, mas Chingiz Yesenamanov aproveitou mais uma desatenção da defesa contrária para fazer o 3-1. A detentora do troféu arriscou tudo na recta final e ainda logrou ficar novamente a um golo de distância, obra de Mauro Canal, mas seis segundos depois Dauren Nurgozhin fez o 4-2, antes de Leo bisar e selar uma qualificação histórica para os azeris.

A chave
O uso por parte do Cazaquistão do seu guarda-redes como mais um jogador de campo, à semelhança do que o treinador Cacau faz  no detentor da UEFA Futsal Cup, o Kairat Almaty, anulou por completo o jogo da Itália na primeira parte. Os campeões nunca conseguiram recuperar verdadeiramente dessa prestação.

Higuita é dor de cabeça
O cartão amarelo visto por Higuita significa que o guardião vai falhar a meia-final contra a Espanha. O Cazaquistão não perde somente o seu guarda-redes titular, como também terá de alterar por completo o seu sistema táctico. Cacau tem menos de 48 horas para preparar a alternativa.

Itália vai recuperar
Tendo tido de trabalhar arduamente para se segrar campeã em 2014, a Itália deixou uma excelente imagem na fase de grupos e era candidata a defrontar a Espanha nas meias-finais. Dito isto, quase todos os jogadores estarão em condições de disputar o próximo ou próximos UEFA Futsal EURO, já para não falar na fase final do Campeonato do Mundo, na Colômbia, no Outono.

Reacções:
Cacau, seleccionador do Cazaquistão
Dizem que sou um homem de sorte, mas tudo se deve ao trabalho árduo. Hoje mostrámos ao mundo que o Cazaquistão sabe jogar cinco contra quatro e também sabe defender. A nossa vitória é merecida. A Itália era a campeã da Europa, uma equipa muito boa com um excelente treinador e um campeonato nacional muito forte - muito melhor do que o do Cazaquistão. Mas temos algo que ninguém nos pode tirar: coração.

Não temos medo de perder. Acreditámos sempre em nós próprios e os meus jogadores foram heróis hoje. Sete ou oito dos nossos jogadores actuaram entre si os 40 minutos e agora estão cansados, mas amanhã estaremos preparados para voltar a trabalhar. Vamos defrontar a Espanha sem o Higuita e é óbvio que ele é um dos nossos jogadores mais importantes, mas também podemos jogar 5 contra 4 sem ele. A Espanha é a melhor equipa do Mundo e não apenas da Europa. Tenhos muitos amigos de Espanha e joguei lá muito tempo. Mesmo sem o Higuita queremos mostrar que o futsal no Cazaquistão está a crescer diariamente.

Roberto Menichelli, seleccionador da Itália
Antes de mais tenho de dar os parabéns ao Cazaquistão. Tal como já tinha dito, era um jogo com características únicas para nós. Não fomos capazes de jogar como o fizemos na fase de grupos. De um ponto de vista psicológico, sentimos demasiada pressão neste jogo, sendo que depois ficámos cansados e perdemos força. Penso que o Cazaquistão estava mais fresco do que nós, uma vez que tiveram dois dias a mais de descanso.

Última actualização: 10-02-16 11.33CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

https://pt.uefa.com/futsaleuro/season=2016/matches/round=2000604/match=2018942/postmatch/report/index.html#cazaquistao+elimina+italia