Arena Belgrade - Belgrado 03-02-2016 - 21:00CET (21:00 Hora locallocal)

Fase final - Fase de grupos - Grupo D

Itália - Azerbaijão
3-0
 

Itália - Azerbaijão 3-0 - 03-02-2016 - Página do jogo - Futsal EURO 2016

O "site" oficial do futebol europeu

Magia de Merlim inspira campeã Itália

Publicado: quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2016, 23.45CET
Itália 3-0 Azerbaijão
Alex Merlim, jogador que alinha no Sporting, bisou frente ao Azerbaijão e ofereceu à campeã uma estreia vitoriosa.
por Nuno Tavares
de Arena Belgrade
Magia de Merlim inspira campeã Itália
O italiano Alex Merlim festeja um dos dois golos que apontou frente ao Azerbaijão ©Sportsfile

Estatísticas dos jogos

Itália
Azerbaijão

3

Golos marcados

0

54

Total de tentativas

33

19

Remates à baliza

11

19

Remates para fora

11

16

Remates defendidos

11

1

nos postes

0

13

Cantos

12

1

Cartões amarelos

4

0

Cartões Vermelhos

1

3

Faltas cometidas

7

7

Faltas sofridas

3

Equipas

Itália

Itália

Azerbaijão

Azerbaijão

1Mammarella (GR)12Huseynli (GR)
2Ercolessi6Eduardo
3Gabriel Lima (C)9Augusto
9Fortino10Amadeu
9:31
18:25
10Alex Merlim
19:39
20:09
15Rafael
28:19
12Miarelli (GR)19Zamanov (GR)
4Romano
9:31
2Hamazayev
5Leggiero3Zeynalov
6Honorio4Chovdarov
7De Luca5Fineo
22:05
8Patias8Farzaliyev (C)
11Canal14Borisov
13Giasson
28:28
16Baghirov
15Murilo18Chuykov

Treinadores

Roberto Menichelli (ITA)
Faustino Perez (ESP)

Primeiro árbitro

Marc Birkett (ENG)

Dossiers de Imprensa

Classificação

Última actualização: 14/07/2016 15:54 CET
  
Publicado: quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2016, 23.45CET

Magia de Merlim inspira campeã Itália

Itália 3-0 Azerbaijão
Alex Merlim, jogador que alinha no Sporting, bisou frente ao Azerbaijão e ofereceu à campeã uma estreia vitoriosa.

  • Alex Merlim marca um golo em cada parte e dá à campeã Itália um arranque vitorioso
  • Daniel Giasson também bate o impressionante guarda-redes do Azerbaijão, Rovshan Huseynli
  • Veja o resumo do jogo a partir das 23h00
  • Próximos jogos do Grupo D: Azerbaijão - República Checa (sexta-feira), República Checa - Itália (domingo)

A campeã em título do UEFA Futsal EURO, a Itália, iniciou a sua defesa do troféu no Grupo D com uma vitória, muito por culpa de Alex Merlim, jogador que alinha no Sporting e que marcou um golo em cada parte do jogo.

Os dois guarda-redes estiveram brilhantes na primeira parte, em especial o azeri Rovshan Huseynli, que assinou defesas atrás de defesas. Porém, e com apenas 95 segundos por disputar, Amadeu viu o seu segundo cartão amarelo na partida e recebeu ordem de expulsão, deixando a sua equipa em inferioridade numérica. Alex Merlim soube aproveitar o momento e inaugurou o marcador, antes de fazer o 2-0 quando decorriam apenas nove segundos da etapa complementar.

Daniel Giasson deu, mais tarde, o melhor seguimento a um canto apontado por Murilo, com a missão do Azerbaijão a assumir contornos de impossível. A Itália geriu sempre com mestria a vantagem no resultado e nunca tremeu perante a aposta contrária num quinto jogador de campo.

A chave
O Azerbaijão esteve sob pressão desde o apito inicial, com o imbatível Huseynli a impedir a Itália de transformar essa superioridade em golos, e a verdade é que os azeris pareciam mesmo ter ultrapassado o pior. Contudo, a expulsão de Amadeu deu aos italianos a oportunidade que esperavam e os campeões europeus, em particular Alex Merlim, não desperdiçaram.

Guarda-redes brilham
A reputação do guardião da Itália, Stefano Mammarella, precede-o, tendo saído novamente reforçada com mais uma exibição perfeita. Pese embora o resultado final, talvez Husynli tenha até eclipsado o desempenho do seu colega de posto, ao assinar cerca de 20 defesas. O desaire azeri não começou certamente pela baliza.

Azerbaijão tem de reagir
Agora sob o comando técnico de Tino Pérez, o Azerbaijão continua a demonstrar ter talento, mas por vezes a falta de disciplina acaba por trair a equipa. Contudo, a República Checa parece ser uma adversária acessível, sendo que Pérez é o homem certo para tentar reagrupar um conjunto que não vai poder contar com o suspenso Amadeu.

Reacções:
Roberto Menichelli, seleccionador da Itália
Dou os parabéns aos meus jogadores. Eles estiveram bem e não foi fácil frente a uma boa equipa do Azerbaijão. Começámos bem, somos os campeões e não é nada fácil iniciar um torneio com esse estatuto. Estou um pouco desapontado com o facto de termos tido de defender durante quase toda a segunda parte, mas não tivemos outra escolha perante a opção do adversário em jogador com o guarda-redes avançado. Nós teríamos feito o mesmo se a desvantagem estivesse do nosso lado.

Última actualização: 04-02-16 9.07CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas
Jogo relacionado

https://pt.uefa.com/futsaleuro/season=2016/matches/round=2000603/match=2018426/postmatch/report/index.html#italia+vence+azerbaijao