Sportpaleis - Antuérpia 06-02-2014 - 20:30CET (20:30 Hora locallocal)

Meias-finais

Rússia - Espanha
4-3
Rússia vence no prolongamento
 

Rússia - Espanha 4-3 - 06-02-2014 - Página do jogo - Futsal EURO 2014

SSI Err
O "site" oficial do futebol europeu

Robinho lidera festejos russos

Publicado: sexta-feira, 7 de Fevereiro de 2014, 0.51CET
Robinho, autor do golo da vitória, e Sergei Skorovich saborearam o sucesso num dos melhores jogos de sempre, de acordo com as duas equipas.
por Mikhail Malkin e Gonzalo Aguado
de Sportpaleis, Antuérpia
Robinho lidera festejos russos
Robinho marcou o golo que apurou a Rússia para a final ©Sportsfile

Estatísticas dos jogos

Rússia
Espanha

4

Golos marcados

3

38

Total de tentativas

72

14

Remates à baliza

17

12

Remates para fora

25

12

Remates defendidos

30

0

nos postes

0

8

Cantos

18

2

Cartões amarelos

1

0

Cartões Vermelhos

0

6

Faltas cometidas

6

5

Faltas sofridas

4

Equipas

Rússia

Rússia

Espanha

Espanha

12Gustavo (GR)
49:57
1Rafa (GR)
3Pereverzev (C)3José Ruiz
5Sergeev
12:22
22:20
7Pola
16:11
11Cirilo9Lozano
13Fukin
26:43
14Raúl Campos
1Poddubny (GR)12Juanjo (GR) (C)
4Lyskov
26:03
13Jesús Herrero (GR)
6Kutuzov5Aicardo
8Eder Lima6Fernandão
9Abramov8Miguelín
37:57
47:33
10Robinho
48:54
10Rafael Usín
26:22
14Milovanov11Lin

Treinadores

Sergei Skorovich (RUS)
José Venancio López (ESP)

Primeiro árbitro

Saša Tomić (CRO)

Dossiers de Imprensa

Classificação

  
Publicado: sexta-feira, 7 de Fevereiro de 2014, 0.51CET

Robinho lidera festejos russos

Robinho, autor do golo da vitória, e Sergei Skorovich saborearam o sucesso num dos melhores jogos de sempre, de acordo com as duas equipas.

José Venancio López, seleccionador da Rússia
As duas equipas lutaram até ao fim. O nosso adversário impediu-nos de fazer muitas das coisas que tínhamos planeado e houve muita tensão ao longo do encontro. Devemos estar especialmente deliciados por termos batido a Espanha. Respeitámo-los e o que fizeram pelo futsal europeu.

Trabalhámos muito para chegar onde estamos agora. Sabe muito bem, mas o jogo mais importante do torneio é no sábado [na final contra a Itália]. Viemos até aqui para jogar na final, viemos para vencer a final. Foi muito triste perder contra a Espanha na última final. Levámos a cabo um enorme trabalho para ficarmos mais fortes.

Robinho, ala da Rússia
É um belo momento, estou muito feliz. Precisávamos muito, mesmo muito desta vitória. Disputámos muito jogos contra a Espanha, mas nunca os tínhamos conseguido vencer. Hoje criámos inúmeras oportunidades e marcámos muitos golos. Lutámos até ao último segundo. Tudo é fantástico!

José Venancio López, seleccionador da Espanha
Alguma vez tínhamos de perder. É a primeira vez que a Rússia nos ganha. Isso ainda tem mais valor depois de tantos anos. Muitas vezes não pensamos nisso até ao momento em que perdemos uma partida, como foi o caso. Foi um encontro espectacular, excelente para os adeptos, e mais não se pode pedir. Também estou contente porque vimos duas equipas que apostaram no futsal e isso engrandece o nosso desporto. Creio que há muito tempo não se via um jogo como este.

Creio que qualquer uma das duas equipas podiam ter saído vencedora. A Rússia foi uma justa vencedora, mas nós também podíamos ter ganhado. Foi um jogo muito equilibrado. Mas saio daqui orgulhoso deste grupo e destes jogadores. Não nos podemos ir embora daqui sem o terceiro lugar. Somos uma equipa com muito orgulho e queremos demostrar que continuamos a ser os melhores.

Miguelín, ala da Espanha
Na primeira parte estivemos sempre em cima deles e jogámos uma partida perfeita. É verdade que nos primeiros minutos da segunda parte eles foram melhores. No entanto, recuperámos a nossa forma à medida que o tempo foi passando. Não vencemos e saímos daqui muito tristes. Temos de erguer a cabeça e lutar pelo terceiro lugar [contra Portugal].

É verdade que neste momento, logo após o encontro, se pensa demasiado porque ficámos mesmo muito perto de chegar à final. Pensámos que íamos ganhar, mas tal não aconteceu. Agora temos de ser ainda mais unidos e tentar conquistar o terceiro posto.

Rafa, guarda-redes da Espanha
É um dia difícil. Quando se define um objectivo como ganhar o Campeonato da Europa, como esta equipa sempre o faz, cair nas meias-finais é um golpe muito duro. Mas caímos com orgulho. Demos tudo.

Jogámos muito bem na primeira parte, mas não segunda não estivemos tão bem. Depois, no prolongamento, voltámos a subir de rendimento. Há que dar os parabéns aos russos porque eles derrotaram-nos, mas não acho que tenham sido melhores que nós ao longo dos 50 minutos.

Quando estudámos o torneio sabíamos que os podíamos defrontar nas meias-finais e que seria muito complicado. Eles jogam juntos há muitos anos. Têm 12 jogadores muito completos. Disputaram um grande jogo, sendo que os pequenos detalhes foram decisivos.

Última actualização: 07-03-18 1.31CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis dos treinadores
Perfis das equipas
Jogo relacionado

https://pt.uefa.com/futsaleuro/season=2014/matches/round=2000400/match=2013139/postmatch/quotes/index.html#o+belo+momento+robinho