Espanha não treme e esmaga República Checa

República Checa 1-8 Espanha A campeã Espanha não deu hipóteses aos checos e apurou-se como vencedora do Grupo D, ao mesmo tempo que eliminou o adversário.

O seleccionador de Itália, Roberto Menichelli, recordou o sucesso da sua equipa no UEFA Futsal EURO 2014, o primeiro na história da competição daquele país.

A campeã europeia Espanha derrotou a República Checa por 8-1 na última jornada do Grupo D do UEFA Futsal EURO 2014, avançando para os quartos-de-final como primeira do seu agrupamento. A Eslovénia será a sua rival na terça-feira. Quando aos checos, despediram-se da prova, tento a Croácia terminado no segundo psoto.

As notícias antes do encontro não eram animadoras para o conjunto espanhol, já que Lin e Miguelín nem sequer se equiparam devido a problemas musculares. Dito isto, o seleccionador espanhol Venancio López decidiu-se por um cinco formado por Rafa, Ortiz, Aicardo, Pola e Raúl Campos. A vitória era imperiosa, já que em caso de empate seria preciso recorrer aos golos marcados e ao número de cartões vistos.

A Espanha dominou a partida desde o apito inicial, mas só logrou ganhar vantagem aos sete minutos. Sergio Lozano combinou com com Torras e este endossou a bola ao segundo poste a Fernandão, que não perdoou. Os checos podiam ter empatado no lance seguinte, mas Rafa levou a melhor no duelo com Lukáš Rešetár.

Apesar do susto, a Espanha foi controlando o encontro e obrigando o seu adversário a acumular faltas. E foi precisamente num desses lances que surgiu o segundo golo, a nove segundos do intervalo. Michal Belej derrubou Lozano dentro da área checa e deu origem a um penalty que o próprio avançado tratou de converter, fazendo o 2-0.

Aicardo ainda falhou um golo quase feito após o reatamento, mas a seis vezes campeã da Europa não tardou a chegar ao terceiro tento, obra de Fernandão aos 23 minutos. A partir desse momento, os checos começaram a jogar com o guarda-redes avançado e Belej marcou quase de seguida.

O golo não fez tremer a experiente selecção espanhola e José Ruiz assinou o 5-1 do seu meio-campo, aos 33 minutos. A detentora do troféu não se ficou por aí, com Raúl Campos, Lozano e Pola aumentarem a goleada. A Espanha vai, assim, defrontar a Eslovénia na próxima terça-feira.

Topo