O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Resumo: Espanha conquista o bronze no Futsal EURO

A Espanha bateu a Ucrânia por 4-1 e A garantiu o terceiro lugar no último jogo dos 15 anos da carreira internacional de Carlos Ortiz.

Resumo: Espanha 4-1 Ucrânia

A Espanha não concretizou o objetivo de recuperar o título europeu e conquistar pela décima vez o UEFA Futsal EURO, mas leva como consolação a sua 12ª medalha em outas tantas edições da prova depois de uma vitória por 4-1 sobre a Ucrânia no jogo de atribuição do terceiro lugar, em Amesterdão.

O capitão Carlos Ortiz, a disputar o seu 215º e útimo jogo pela Espanha, no culminar de uma carreira internacional que se estendeu por 15 anos, foi o primeiro a criar perigo, com um remate à trave, antes de fazer a assitência para o golo inaugural da partida, assinado por Mellado, que com um certeiro remate de primeira coroou um excelente torneio a nível individual.

Ortiz capitaneou a Espanha à vitória no seu derradeiro jogo internacional
Ortiz capitaneou a Espanha à vitória no seu derradeiro jogo internacionalSPORTSFILE

Jesús Herrero, titular na baliza espanhola em detrimento de Didac Plana, também acertou, depois, no poste num remate de longe, mas foi a Ucrânia que marcou e fez o empate, com Cherniavskyi a recuperar uma bola a meio campo e a finalizar com qualidade, antes de festejar com um mortal.

A Espanha, porém, depressa voltou ao 2-1. Chino desmarcou Solano e este atirou colocado e certeiro. Depois, na segunda parte, e à entrada para os dez minutos finais, os espanhóis partiram em definitivo para a vitória, com Borja a assistir Boyis e este a bater Tsypun.

A Ucrânia tentou o tudo por tudo para virar os acontecimentos, mas acabou por sofrer mais um golo quando Ortiz recuperou a bola e tocou para Adolfo, que atirou para o fundo da baliza deserta, fixando o resultado em 4-1.

Estatísticas-chaves

  • A Espanha deu seguimento ao registo de ter terminado sempre nos três primeiros lugares de todas as 12 edições já disputadas do UEFA Futsal EURO.
  • A Espanha terminou esta campanha, incluindo jogos da qualificação, com 72 golos, quebrando o anterior máximo, que era de 69, fixado pela Rússia na edição inaugural, em 1996 .
  • A Espanha somou a 14ª vitória em 14 jogos oficials contra a Ucrânia.
  • Quatro vezes vencedor da prova, Ortiz fechou esta que foi a sua sétima presença em fases finais do Futsal EURO (igualando assim este recorde) com dois novos máximos no que toca ao número de jogos disputados: 35 partidas disputadas em fases finais e 55 incluindo jogos de qualificação.

empty net.

Reacções

    Ortiz, capitão da Espanha: "Este não era o jogo que queríamos jogar. Queríamos estar na final de mais logo, mas para nós foi importante conseguir este bronze. É sempre importante vencer. Viemos aqui para ser campeões, não fomos tão longe quanto queríamos, mas temos que dar valor a esta medalha. Foram muitos anos a defender as cores do meu país, a minha seleção e são muitos os sentimentos neste momento... estou orgulhoso e feliz por tudo que conquistei nestes 15 anos. Dei tudo pelo meu país e ninguém pode negar isso."

    Oleksandr Kosenko, seleccionador da Ucrânia: "Este EURO foi uma grande experiência para nós e agora temos mais adeptos na Ucrânia e em toda a Europa. O interesse foi enorme. Havia uma grande atmosfera entre a equipa e só assim é possível ter êxito."